site

  Intranet | Webmail | Mapa do Site | Ficha Técnica

Terça-feira, 26 de Setembro de 2017


Página Oficial da Freguesia do Coentral

Página Oficial da Freguesia de Castanheira de Pera




  Início » Turismo e Lazer » Museus » Casa do Tempo  Voltar  


:. C A S A   D O   T E M P O .:
(Posto de Turismo)


Por iniciativa da Câmara Municipal, a vila de CastCasa do Tempo em Castanheira de Peraanheira de Pera viu nascer, a 4 de Julho de 2001, a Casa do Tempo.
Trata-se de um espaço vocacionado para a preservação e valorização do património relacionado com a arte tipográfica. Além disso, pretende ser também um espaço vivo e dinâmico, impulsionador do progresso da região, nomeadamente como centro de difusão cultural.

O edifício, da autoria do Arquitecto Paulo Pedroso, é composto por duas salas apartadas pelo espaço de recepção, as quais procuram reproduzir uma noção de tempo, nomeadamente através de traços arquitectónicos que revelam impressões associadas à ideia de passado e futuro, justificando-se assim o nome atribuído a este espaço museológico.

A primeira sala alberga a exposição permanente, dedicada ao jornal local O Castanheirense e num plano mais abrangente, à Tipografia. Por seu lado, a sala 2, denominada sala de exposições temporárias, visa ser palco de diversas iniciativas de carácter cultural e pedagógico.

:: Exposição ::  
 

Ampliar Cartaz

O azulejo de Aveiro – fábricas e padrões

O azulejo de Aveiro distingue-se pela sua dimensão arquitectónica, na medida em que se relaciona com o espaço onde se encontra aplicado e para o qual foi concebido. Numa grande parte dos casos, o azulejo cobre a totalidade da superfície, inserindo-se claramente na organização arquitectónica da fachada. A cor e o desenho, tornado difuso com a distância, enriquecem e caracterizam os edifícios.

O azulejo tornou-se, assim, um elemento decorativo importante na arquitectura da cidade desde o século XIX ao nível da malha urbana, apresentando grande peso compositivo e estético.

É o contexto in situ que testemunha a riqueza das suas aplicações e o torna património único, contudo, a partir do início do século XX começa a ser retirado das paredes para que foi concebido, dando lugar a outros materiais que foram surgindo ao gosto da nova época.

A Câmara Municipal de Aveiro integrou, nas sua colecções, estes exemplares, que perderam a sua função, criando o Banco do Azulejo de Aveiro.

Este serviço conta, atualmente, com cerca de 5000 exemplares de azulejos, numa cronologia que tem início nos exemplares do século XV/XVI e termina na segunda metade do século XX.

O azulejo de padrão, de fabrico local, é a parte mais representativa desta colecção.


As Fábricas de Aveiro
O azulejo é constituído por uma placa quadrada de argila. A face nobre é vidrada recebendo os motivos decorativos, enquanto o tardoz se destina à aplicação no suporte. Inicialmente eram produzidos de forma artesanal. Após uma primeira cozedura da chacota, era aplicada a decoração, seguindo-se uma segunda cozedura.

Lentamente, os métodos de fabrico desenvolveram-se, produzindo azulejos de dimensões, texturas e matérias diferenciadas, começando-se a registar inovações na manufatura dos azulejos.

É na construção tradicional que intervém a novidade do revestimento do azulejo, criando uma nova dinâmica arquitetural, um novo ritmo e colorido nas cidades.

A azulejaria de padrão semi-industrial renova a paisagem urbana ao cobrir as fachadas dos edifícios, a partir da segunda metade do século XIX.

Os padrões são estabelecidos por uma ou mais unidades de repetição. Por norma, no revestimento de fachadas é utilizado num só módulo disposto na mesma posição, ou por rotatividade de 90º, constituindo formas mais complexas.

Um determinado padrão tem diferentes efeitos estéticos quando é observado de perto ou de longe. Ao longe as imagens cintilam, tornam-se difusas, subtis, perdem em forma e enriquecem-se em texturas. O contraste cromático sugere volumetria.

Foram fundamentalmente as Fábricas da Fonte Nova edos Santos Mártires (designada posteriormente por Aleluia) a modificar as características urbanas da época de laboração, definindo de forma emblemática o caráter local da arquitetura da região de Aveiro.

Pelas tipologias de azulejo que produziram, é inquestionável que tenham criado um estilo próprio, inconfundível, difundindo os seus padrões por centenas de edifícios da cidade.

Produziram especialmente azulejos de revestimento estampilhados, com apontamentos manuais, criando padrões de motivos decorativos de características gráficas e policromias acentuadas. Com alguma frequência é possível ver apontamentos a pincel nos exemplares mais antigos.

Num gosto preferencial na utilização do sépia e do azul, imitando-se com frequência, desenvolveram de forma única as suas capacidades de animação das fachadas de Aveiro.

Exposições Anteriores

------

:: Contactos ::
Casa do Tempo
Rua Dr. José Fernandes de Carvalho
3280-039 Castanheira de Pera

Tel.: 236 432 799
E-mail: casadotempo@praiadasrocas.com


:: Horário ::
Terça a Domingo e Feriados: 10h00 às 13h00 / 14h00 às 18h00
(excepto feriado de Natal e de Passagem de ano)

 

Última Actualização: dezembro de 2016



.: O Tempo :.
.: PEPAL :.

Click para entrar

.: PDM :.

Click para entrar

 
.: Praia das Rocas :.

Click para entrar no Site Oficial da Praia das Rocas

.: Parque de Estacionamento
e Área de Serviço para Autocaravanas :.
Saiba Mais
.: Votação :.
O que acha da nova imagem do Município?
Gosto bastante !
Muito interessante !
É preciso Inovar !
Razoável !

votações anteriores
.: Ligações :.
Directório de Empresas
Ligações Institucionais
Mapa do Portal do Município
.: Casa do Tempo :.

Mais exposições
.: Portugal sem fogos :.
.: REDE DE BIBLIOTECAS DE MONSALUDE :.

Censos 2011

.: EDITAL - FORNECIMENTO DE ÁGUA :.

FORNECIMENTO DE ÁGUA - RESTITUIÇÃO DE CAUÇÕES

.: CENSOS 2011 :.

Censos 2011

.: Compras Públicas :.

Compras Públicas

.: PmatE :.

Iniciativa Emprego 2010

.:  :.

Projeto de Regulamento de Toponímia e Numeração de Polícia do Município de Castanheira de Pêra

.: SOS CRIANÇA :.

LIGA 116111
Gratuito
Anonimo
e Confidencial

2ª a 6ª f das 9h as 19h
soscrianca@iacrianca.pt

.: PORTAL SNS :.

PORTAL SERVIÇO NACIONAL DE SAÚDE

.: LIVRO RECLAMAÇÕES :.

LIVRO DE RECLAMAÇÕES ONLINE

 




     
© 2006 - 2017 Município de Castanheira de Pera - Todos os Direitos Reservados
Optimizado para N 7.2+ e IE 6+ a uma resolução mínima de 800 X 600