Cantinho Brasileiro

01/01/2006  

20/01/2006    

03/01/2006

22/01/2006  

15/01/2006   

25/01/2006  

17/01/2006    

 

 

 

Carlos Coelho

 

 

Para: O Castanheirense

Att. António Manuel Valadas Bebiano Carreira

De:

Carlos Manuel dos Santos Coelho

 São Paulo - Brasil

E-mail - carloscoelhoo@yahoo.com.br

 

 

 

Cantinho brasileiro de 01 de Janeiro 2006    

Album                              carloscoelhos.fotos.uol.com.br/ca..

 Carlos Coelho                       

 

VERÃO

Em passeios aéreos ou marítimos, a paisagem de cartão-postal da cidade faz turista esquecer a violência e a miséria

No ar e no mar, beleza ofusca mazelas do Rio

DA SUCURSAL DO RIO

As imagens desta página mostram que, em se tratando de Rio de Janeiro, nem tudo está perdido. Só as balas, arremedaria o espírito bem-humorado do carioca.
Montanhas e mar, florestas e praias, paredões rochosos subindo abruptamente de baixadas extensas, paisagem exuberante habitada por pobreza gritante, generosidade e violência. Nos 70 km de extensão de leste a oeste, nos 44 km de norte a sul, a gente do Rio sofre a degradação da metrópole, causada por desenvolvimento econômico pífio e desigualdade aberrante, mas cotidianamente se renova por uma paisagem acolhedora.
A cidade de 1.255,3 quilômetros quadrados (incluindo ilhas e águas continentais), fincada na serra do Mar, é a encarnação da expressão "terra de contrastes" cunhada pelo sociólogo francês Roger Bastide (1898-1974) em seu clássico sobre o Brasil, publicado em 1959.
Mas o Rio visto do ar e do mar permite um distanciamento que amiúda os problemas. Ao passear pelo mar, entende-se a carta do navegador florentino Américo Vespúcio (1454-1512), que, ao chegar à costa do Rio em 1501, escreveu ao papa ter encontrado uma região como a descrita no paraíso bíblico. Ao passear pelo ar, entende-se a exaltação de Tom Jobim, no "Samba do Avião": "Minha alma canta, vejo o Rio de Janeiro".

 Carlos Coelho

PELO MAR

Ilhas isoladas entram no roteiro

SERGIO TORRES
DA SUCURSAL DO RIO

A visita guiada ao arquipélago das Cagarras é a grande novidade marítima do verão do Rio. Inacessíveis até agora, as ilhas já integram o roteiro turístico da cidade. Da marina da Glória, barcos zarpam diariamente rumo a um aglomerado de ilhas onde a natureza permanece intocada, mesmo a cerca de 5 km da orla de Copacabana, Ipanema e Leblon.
As Cagarras estão na memória visual de quem conhece o mar da zona sul carioca. São as ilhas avistadas ao longe, paredões de pedra encimados por vegetação, de tom esbranquiçado. Muito poucos, no entanto, já chegaram lá perto.
Essa parte do Rio, tão próxima e tão desconhecida, começa agora a ser visitada. Não as ilhas, pois faltam locais de atracação e pontos de acesso. A atração é a paisagem, a proximidade das ilhas, a vista espetacular da silhueta do Rio ao longe, as milhares de aves, golfinhos, tartarugas e até baleias.
Além do mergulho em uma água livre da poluição que atinge a zona sul e que, em dias de sol, pode estar transparente.
Explorado desde agosto pela empresa Macuco Rio, o passeio às Cagarras começa do píer da marina (Glória, zona sul).
O roteiro inclui o trecho da baía de Guanabara entre a marina e a boca da barra, com passagem pelo costão do Pão de Açúcar. Fora da baía, o barco inflável para até 26 passageiros e dois tripulantes bordeja as praias da zona sul.
A partir daí, a embarcação se direciona ao arquipélago, atingido em cerca de 30 min. Os visitantes são levados até o entorno da Cagarra, a mais conhecida de todas as ilhas e que batizou o conjunto formado também por ilhotas e lages que se espalham na área.
A cerca de 20 m do costão de pedras, o guia mostra aves, ninhos, filhotes. Fala sobre a formação geológica, explica porque, em razão das dificuldades de acesso, as ilhas escaparam da depredação.
O passo seguinte é a ilha Comprida. Ao largo dela, no canal entre a vizinha ilha das Palmas, o barco pára e os passageiros podem tomar banho de mar.
Após o mergulho, a expedição segue para a mais distante das ilhas, a Redonda, uma montanha de pedra de 270 m de altura. Junto a ela, a ilha Filhote -ou ilhota Redonda-, onde a espuma das ondas sobe a até 20 m quando o mar recua após estourar na caverna.
A idéia de explorar o passeio foi do empresário Juca Montenegro Moreira, 44, que há 18 anos visita a região. Apaixonado pelo lugar, ele comprou os dois barcos infláveis, que considera apropriados.
O português Mário Carvalho, 32, participou do passeio, levado por primos cariocas. "Adorei, vou recomendar aos meus amigos. Foi muito agradável", disse.
A ida ao arquipélago também pode ser feita em escunas, saveiros e lanchas contratadas nas empresas de passeios marítimos da marina da Glória.
O empresário Edson Silva leva grupos fechados às Cagarras, em passeios de sete horas (das 10h às 17h, geralmente). Uma escuna para 60 pessoas custa R$ 1.500.
A Saveiros Tour cobra, em média, R$ 1.200 pelo aluguel de um saveiro para 50 pessoas, por seis horas. Uma lancha para até oito pessoas custa cerca de R$ 1.600.

 Carlos Coelho

PELO AR

Vôo, uma "sensação inacreditável"

TALITA FIGUEIREDO
COLABORAÇÃO PARA A FOLHA, DO RIO

Ver o Rio do alto é privilégio dos poucos que não têm medo de se aventurar em passeios de helicóptero, balão, asa-delta e parapente. Olhar para baixo e ver o Cristo, o Maracanã, além das praias de Copacabana, Ipanema e Leblon, é uma experiência que os corajosos não se esquecem.
Há 11 anos, o americano Walter Rivenbark, 33, esteve no Rio pela primeira vez. Não hesitou em fazer um vôo duplo de asa-delta. Saltou da Pedra Bonita e nunca mais esqueceu a aventura. De volta ao Brasil na última semana, ele se lançou novamente no ar.
"É uma sensação inacreditável. Ver a parte da floresta, a Pedra da Gávea e o mar de São Conrado do alto é inesquecível", disse Rivenbark, logo depois de pousar na areia da praia de São Conrado.
O diretor de operação da Associação Brasileira de Vôo Livre, Humberto Garcez, atesta que o esporte é seguro. Os vôos duplos são regulamentados. "Fica um fiscal na rampa que decide quando deve ser fechada [por causa de más condições do clima], e a cada seis meses é feita vistoria em todo o equipamento dos voadores."
Só no ano passado, 28 mil pessoas saltaram de parapente (20%) ou asa-delta (80%) da Pedra Bonita. Não houve nenhum acidente. São pelo menos 80 voadores que oferecem vôos na praia de São Conrado por um preço que vai de R$ 150 (brasileiros) a R$ 250 (para estrangeiros), como fotos incluídas. Há um acréscimo de R$ 100 caso o turista pretenda registrar o vôo em DVD.
Há casos de famílias inteiras que pagam para sentir como é voar. Indiana, mas morando nos Estados Unidos, a família Sivarajan fez vôos duplos na última terça-feira. O médico Murali Sivarajan, 59, saltou depois de sua mulher e das duas filhas. A pequena Suji, 9, parecia um pouco nervosa. "Scary [amedrontador]", disse ela, sobre a sensação momentos antes do vôo.
O passeio panorâmico de helicóptero também é opção para quem quer visitar o Rio de cima. Da Lagoa ou do Mirante Dona Marta, a empresa Helisight oferece nove opções de roteiros, que passam por vários pontos, como o Cristo, o Pão de Açúcar, o Maracanã e o Sambódromo. O mais caro, que custa R$ 875 por pessoa, é uma viagem de 60 minutos por pontos de Niterói e Rio.
Advogado de Johannesburgo (África do Sul), Hermann de Beer, 46, tremeu um pouco durante o vôo que fez na última terça-feira. O passeio dele e da mulher, a procuradora-geral Charin de Beer, 43, foi de 15 minutos. "Não tinha noção de que o Rio era tão grande", disse ele. "O Rio tem uma vibração espetacular. Eu implorei ao meu marido para fazermos o vôo panorâmico", disse a procuradora-geral.
O passeio de balão é novidade para muitos, mas a empresa Flat Balonismo oferece o serviço há 15 anos. No início, era feito apenas um vôo a cada dois meses e, agora, a cada mês acontecem pelo menos dez. "A sensação de voar de balão é ímpar. Você está num cesto e consegue ter uma visão de 360 graus o tempo todo", diz Flamarion Barreto, dono da Flat Balonismo. O custo do passeio é de R$ 350 por pessoa.

 

 

 currículo

 

 

 

 

entrada    pessoal    currículo    publicações    aulas    textos    imagens    links    etc 



Rui Bebiano é professor universitário e historiador. É também ensaísta e cronista, com diversos livros publicados, colaborando com regularidade, desde 1970, num grande número de revistas e de jornais, alguns deles estrangeiros. É membro do Instituto de História e Teoria das Ideias, da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, e investigador-sénior do Centro de Estudos Sociais, no qual integra o Núcleo de Estudos Culturais Comparados. Lecciona actualmente as disciplinas de História do Tempo Presente e de Culturas Contemporâneas, nos cursos de História e de Estudos Artísticos. Faz parte da redacção da Revista de História das Ideias e do conselho editorial da Revista Crítica de Ciências Sociais. Colaborador das publicações História e Periférica. Integra também a equipa docente dos cursos de Mestrado e Pós-Graduação em História das Utopias e das Ideologias Contemporâneas, da FLUC. Ainda durante os anos 80 produziu diversos trabalhos sobre o espectáculo político barroco. Em 1997 doutorou-se em História com uma tese sobre as representações da guerra em Portugal e na Europa entre os séculos XVI e XVIII. Pela mesma recebeu, no ano seguinte, o Prémio de Defesa Nacional. Colaborou na História Militar de Portugal. Trabalha agora em temas de história cultural contemporânea, tendo publicado recentemente O Poder da Imaginação. Cultura, rebeldia e resistência nos Anos 60. É co-responsável pelo projecto de investigação Culturas Juvenis e Participação Cívica - Diferença, indiferença e desafios democráticos, a decorrer com o apoio da Fundação para a Ciência e a Tecnologia. Interessado também em temas de cibercultura e de cidadania digital, foi ou é responsável por algumas publicações electrónicas editadas nesse domínio. É neste âmbito que coordena o lançamento da edição em linha de um Dicionário Crítico das Humanidades e das Ciências Sociais.
MAIS

      

 

 

 

 


 

Cantinho brasileiro de 03 de Janeiro 2006    

CRISE CONJUGAL

     João e Maria passavam por uma terrível crise de relacionamento depois de vários anos felizes.
     Resolveram ir ao Simba-Safari observar a vida sexual dos animais e transportar a experiência para suas próprias vidas.
     Durante o tour, o guia turístico narrava:
GUIA: Estão vendo os macacos? Fazem amor 10 vezes por dia.
MARIA (para João): veeeeeeendo???????
GUIA: Estão vendo as araras? Fazem amor 20 vezes por dia.
MARIA (para João): veeeeeeendo???????
GUIA: Observem os coelhos. Fazem amor à toda hora.
MARIA (para João): veeeeeeendo???????
GUIA: Agora, este interessante animal que é o rinoceronte, só faz amor 1 vez por ano!
JOÃO (para Maria): veeeeeeeendo??????
MARIA (para João): Mas em compensação tem chifre até no nariz!

Está vendo amor........ Aquele boi já fez amor 20 vezes hoje........Pois é amor, você reparou que ele trocou de vaca diversas vezes.

 

Ria faz bem à saúde.

 

 

03/01/2006 ¦ 07:30

 

A música do dia

All that jazz - Liza Minnelli 

do álbum The Best of Liza Minnelli; 2004

 

03/01/2006 ¦ 07:30

 

A música do dia

All that jazz - Liza Minnelli 

do álbum The Best of Liza Minnelli; 2004

 

 

As manchetes desta terça

Periodista Digital
- JB: Obstáculo eleitoral - Estradas distanciam Planalto dos estados

- Folha: Lula terá R$ 28 bi para gastar no ano eleitoral

- Estadão: Furlan prevê exportações de US$ 132 bilhões em 2006

- Globo: Exportação cresce 23% e é recorde

- Correio: Torneiras abertas para a reeleição

Leia os destaques de capa dos principais jornais.

Escrito por Josias de Souza às 06h12

Comentários (27) | Enviar por e-mail

02/01/2006

Uma porcaria de presente

Uma porcaria de presente


 

 

Soldados chineses receberam do governo nesta segunda-feira presentes inusitados: porcos. Deu-se durante cerimônia na base militar de Ganzi, na Província de Sichuan. No Brasil, muita gente mereceria ganhar semelhante mimo, não acha? A quem você daria um porco? Antes de responder, Pressione na imagem para visitar a galeria de fotos do dia no sítio da Folha Online.

Escrito por Josias de Souza às 23h31

Comentários (17) | Enviar por e-mail | Secos & Molhados

 

Caros Amigos (as)

 

Faz 15 dias que estou ausente do meu computador!

Tendo recebido grande quantidade, não respondi nem enviei e-mails para ninguém!

Tive uma forte crise de coluna seguida de uma não menos violenta crise renal!!!

Como devo uma satisfação a muitos que prezo e me querem bem, torna-se-me difícil escrever cartas personalizadas para os Amigos mais íntimos, esperando, por isso, a sua compreensão.

Explicação: Moro num sitio, zona rural, onde não chega a Banda Larga; para fazer seu uso, aluguei parte duma sala onde tenho o meu PC.  Este o motivo de não ter acesso devido à dificuldade em deslocar-me. 

Trabalhos: Neste período de retiro forçado, dediquei-me a analisar a critica situação política a que o nosso Brasil chegou e resolvi escrever algo conclamando os internautas (bons brasileiros) a unirem-se e darem uma virada nessa situação!

Internautas: Somente todos nós, unidos por amor a este lindo e portentoso País, podemos deflagrar uma guerra organizada e sem tréguas contra iodos os "caciques políticos", que se julgam donos do eleitorado e despudoradamente maltratam o Brasil e a todos nós.

Mídia: Lembrem-se, podemos contar com muitos jornalistas, mas nunca, jamais, teremos cobertura da Imprensa falada ou escrita.

Nos meus modestos escritos vou apresentar fatos das entrelinhas, que passam despercebidos por serem mal relatados pelos órgãos de comunicação.

Aguardem!

 

Um fraternal abraço

Acácio Santos Costa

   (luso-brasileiro)

 Votos brancos e nulos Beneficiam os Piores.

 

Vc Quer um Brasil Melhor?

Vote no político menos mau!

Votos Brancos e nulos beneficiam os piores!!!

             Pense nisso...!!!!            

(envie em todos os seus e-mails)

Seja Patriota!

Ponha a exaltação abaixo como fechamento de seus e-mails

Basta selecionar e apagar esta dica e colocar suas mensagens em seu lugar.

                                           =<>=

(Coloque este anexo em sua área de trabalho e use-o como matriz de seus e-mails)

  

Ø      Parabens / Parabens /Parabens
> Pela ótima viagem que meu amigo que adoroooooooo "portugues " fez e pelas
> FOTOS LEGAIS que mandou . Aliás montei um ALBUM da sua viagem e a Dona ONÇA
> está com ciúmes
> ............................................kkkkkkkkkkkkkkkkkkk   tôooooooo
> brincandooooo
>
> Abraços
>
> obs : hoje acho que não desço pois vou ver coisas particulares mas vou
> tentar pois morro de xaudades 1000
>
> duduto
>
>
>>From: "Carlos Coelho" <carlos.coelho@estadao.com.br>
>>Reply-To: "Carlos Coelho" <carlos.coelho@estadao.com.br>
>>To: "Edmundo Marchi Filho" <ed_marchi@uol.com.br>,<ed_marchi@hotmail.com>
>>Subject: O Centro de Lançamento de Alcântara
>>Date: Tue, 3 Jan 2006 22:00:55 -0200
>>
>>
>>
>>
>>
>>Low level - Barreira do Inferno, Parnamirim-RN
>>
>>
>>
>>
>>       ALCÂNTARA - MARANHÃO - BRASIL
>>
>>       O Centro de Lançamento de Alcântara - CLA está localizado na
>>península que tem por nome Alcântara. Separada do continente, no lado
>>noroeste, pela baía de Cumã, e da ilha de São Luís, do lado sudeste, pela
>>baía de São Marcos. Trata-se de uma região isolada, de baixa densidade
>>populacional e de restrito crescimento urbano.
>>
>>       Situado nas vizinhanças da sede do município de Alcântara, o CLA
>>ocupa uma área considerada de segurança, selecionada após cuidadosa análise
>>e projetado dentro de padrões internacionalmente reconhecidos.
>>
>>
>>      A HISTÓRICA CIDADE DE ALCÂNTARA
>>
>>       A centenária cidade de Alcântara, sede do município, foi fundada na
>>metade do século XVII, em aprazível sítio à beira mar, tendo alcançado, na
>>época, a condição de celeiro do Maranhão.
>>
>>       Ao final do século XIX, após a fase de opulência da aristocracia
>>rural, a cidade iniciou um período de decadência que levou ao abandono das
>>atividades agrícolas e econômicas, culminando na transferência de parte
>>significativa da população para São Luís . Os antigos casarões, símbolos
>>marcantes da arquitetura colonial portuguesa, foram abandonados ao tempo e
>>à depredação, tendo boa parte se reduzido a ruínas.
>>
>>       Tombada pelo Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional em
>>1948, como monumento nacional, a cidade passou a ser conhecida por suas
>>ruínas, igrejas e um vasto acervo histórico-cultural.
>>
>>       Essa região, conhecida até o início dos anos 80 apenas pela sua
>>história e pelo seu acervo arquitetônico, veio a despontar como um cenário
>>privilegiado para a implantação do novo centro de lançamento de foguetes do
>>Brasil.
>>
>>
>>
>>       PERFIL GEOGRÁFICO
>>
>>       . Localização
>>
>>       Área: 1495,6 km2
>>       Densidade Demográfica: 14,2 hab/km2
>>       Altitude da Sede: 32 m
>>       Distância à capital:18,3 km
>>       Ano de Instalação: 1648
>>       Microrregião: Litoral Ocidental Maranhense
>>       Mesorregião: Norte Maranhense
>>       . Pertence ao Polígono da Seca
>>       . Pertence ao Semi-Árido
>>       Distritos: Alcântara/São João de Cortes
>>       Municípios Limítrofes: Bacurituba, Bequimâo, Guimarães, Peri Mirim e
>>São Luís
>>
>>
>>
>>
>>             Maranhão
>>
>>             Alcântara
>>
>>
>>Alcântara se encontra na Mesorregião do Norte Maranhense e particularmente
>>na Microrregião do Litoral Ocidental Maranhense, na qual ocupa o 3° lugar
>>em extensão. Encravada na grande Área de Proteção Ambiental das
>>Reentrâncias Maranhenses e nos limites da Amazônia Legal, Alcântara é rica
>>em biodiversidade e recursos naturais.
>>
>>Criado pela Lei n. ° 24, de 05/08/1836, o município em referência possui,
>>segundo o IBGE (1997), uma área de 1.496,5 km2, o que corresponde a 0,45%
>>da superfície estadual (333.365,6 km2). A este município pertencem as Ilhas
>>do Livramento, do Cajual e das Pacas. A sede municipal se localiza a 4
>>metros de altitude.
>>
>>. Limites
>>
>>O município de Alcântara limita-se ao Norte com o Oceano Atlântico, ao
>>Oeste com os municípios de Bacurituba, Guimarães, Bequimâo e Peri-Mirim, ao
>>Sul com o município de Cajapió, e ao Leste com os municípios de Cajapió e
>>São Luís, separado deste último, pela baía de São Marcos a uma distância de
>>22 Km, por via marítima, e de 425 km, por via terrestre.
>>
>>. Aspectos Demográficos
>>
>>A população de Alcântara, segundo informações do IBGE, atingiu no ano de
>>2000 um total de 21.291 pessoas, apresentando em relação a 1996, uma taxa
>>de crescimento anual de 2,92%. Com essa evolução, a densidade demográfica
>>cresce nesse período de 12,65 para 14,2 hab/km.
>>
>>Os dados do Censo Demográfico /2000 revelam ainda, que a população do
>>município de Alcântara concentra-se na área rural (15.626), representando
>>73,4% da sua totalidade, índice este, muito acima ao da média estadual que
>>é de 40,5%. Por outro lado, a taxa de urbanização é de 26,6%, superior à
>>observada em 1991 (20,4%). No Estado, em 2000, esta taxa atingiu 59,5%.
>><< 29772846.CotovelocompedrinhasnoFG.jpg >>
>><< tit_localizacao.gif >>
>><< foto_local_mundo.jpg >>
>><< foto_alcantara2.jpg >>
>><< bandeira_maranhao_pequena.jpg >>
>><< band_alcantara_pequena.jpg >>
>
> _________________________________________________________________
> Seja um dos primeiros a testar o novo Windows Live Mail Beta. Acesse 
> http://www.ideas.live.com


>

 Texto Anterior | Próximo Texto | Índice

Mistério no Vaticano


Com direitos vendidos para mais de 50 países, romance "O Último Papa" reacende a tese de que João Paulo 1º foi assassinado; autor é comparado a Dan Brown


 

 

Associated Press

 

Papa João Paulo 1º, que morreu de infarto em 28 de setembro de 78, 33 dias após iniciar o pontificado, segundo a versão oficial; livro português fala em conspiração



EDUARDO SIMÕES
DA REPORTAGEM LOCAL

Albino Luciani, que morreu no dia 28 de setembro de 1978, 33 dias após iniciar seu pontificado como papa João Paulo 1º, foi assassinado.
Quem defende a teoria é o escritor português Luís Miguel Rocha, 29, cujo romance "O Último Papa" já teve seus direitos vendidos para mais de 50 países, entre os quais o Brasil, onde, depois de uma disputa travada por seis editoras, sai pela Objetiva, por meio do selo Sumo de Letras.
O livro, no entanto, não foi lançado nem sequer em Portugal. Chegará às livrarias do país somente em março ou abril, num lançamento simultâneo com Estados Unidos e Reino Unido.
"O Último Papa", vale ressaltar, não é o primeiro livro a levantar teorias conspiratórias sobre o suposto assassinato de João Paulo 1º (leia abaixo). Rocha sustenta que João Paulo 1º foi morto porque pretendia ser o último pontífice rico e planejava redistribuir os bens da Igreja Católica.
Outras razões para o crime levantadas pelo autor seriam a vontade de João Paulo 1º de permitir que mulheres entrassem para o sacerdócio e a intenção do papa de autorizar o controle da natalidade com contraceptivos.
O assassinato de Albino Luciani teria sido resultado de uma conspiração de uma organização não mais existente, a Loja P2, ligada à Maçonaria (uma sociedade fechada, de origem remota, voltada para finalidades filosóficas, filantrópicas etc.) com tentáculos na cúria romana, no governo italiano e até na América do Sul.

Anti-religioso?
"Não faço idéia de qual será a reação da Igreja Católica. Se houver um leitor em todo o mundo que abra os olhos e comece a ver as coisas pela sua cabeça, e não por aquilo que lhe dizem, já será muito bom", disse Rocha em entrevista à Folha.
"No entanto, esse livro não é anti-religioso. Tinha em mente a reposição da verdade."
"O Último Papa" é fruto de um ano de pesquisa e seis meses de escrita baseada em documentos que Rocha afirma ter conseguido de uma fonte do Vaticano, que estariam nas mãos do papa no momento de sua morte.
"Há inúmeras provas que suportam o meu trabalho, mas não vamos falar sobre elas antes do tempo", diz o autor.
Versão romanceada dos fatos, segundo Rocha, a trama tem como estopim um personagem que, nos dias de hoje, se vê apanhado por um turbilhão de acontecimentos, provocado pela morte do papa. Karol Wojtyla, que viria a ser o papa João Paulo 2º, e Joseph Ratzinger, o atual papa Bento 16, também fazem parte do enredo do livro, que, de acordo com Rocha, tem uma extensa lista de personagens reais.

Rocha que voa
Nascido no Porto, Luís Miguel Rocha foi autor, durante anos, de roteiros para a televisão portuguesa. Tradutor de escritores ingleses em Portugal, lançou em 2003 o seu primeiro romance, "Um País Encantado".
"É um romance histórico que fala do Estado Novo [período ditatorial em Portugal, de 1933 a 1974] e de um país perdido, hipnotizado. Realça também as suas relações com o Brasil, parte fundamental da saga", conta Rocha.
Não bastasse a polêmica, o livro é apresentado por um senhor cartão de visitas: um comentário para a capa assinado por Dan "O Código Da Vinci" Brown, que leu 40 páginas do romance, enviadas a ele pela agente literária de Rocha, Jessica Woolard.
"Ele gostou do que leu e ofereceu-se. Foi simpático da parte dele", diz o autor. "A única coisa que posso facultar é o comentário dele que figurará na capa: "Escrita poderosa. Um livro cativante". Em termos promocionais, é muito bom para o livro."
A imprensa portuguesa tem rotulado Rocha de "o novo Dan Brown". Seu editor português, Luís Corte Real, da Saída de Emergência, disse à agência de notícias France Presse que o autor recebeu adiantamentos de 60 mil [mais de R$ 160 mil] da espanhola Santillana, acionista da Objetiva, e que apenas na Inglaterra a expectativa inicial de vendas supera 2 milhões de exemplares.

 

 Ria Faz bem à saúde.

A MOTO E O PASSARINHO
Um motociclista ia a 140 km/h por uma estrada e, de repente, deu de encontro com um passarinho e não conseguiu esquivar-se: PÁ!!!
Pelo retrovisor, o cara ainda viu o bichinho dando várias piruetas no asfalto até ficar estendido. Não contendo o remorso ecológico, ele parou a moto e voltou para socorrer o bichinho. O passarinho estava lá, inconsciente, quase morto.
Era tal a angústia do motociclista que ele recolheu a pequena ave, levou-o ao veterinário, foi tratado e medicado, comprou uma gaiolinha e a levou para casa, tendo o cuidado de deixar um pouquinho de pão e água para o acidentado.
No dia seguinte, o passarinho recupera a consciência. Ao despertar,vendo-se preso, cercado por grades, com o pedaço de pão e a vasilha de água no canto, o bicho põe as asas na cabeça e grita:
- PUTA QUE PARIU, MATEI O MOTOQUEIRO !!
 

Enviada por Doutora Teresa.

 

 

 

NACIONALIDADE DE JESUS

Chefes de vários países se encontraram para debater sobre onde nasceu, realmente, Jesus. Cada um defendia que Jesus tinha nascido em seus respectivos países e indicavam as seguintes provas:

 

A) Três provas de que Jesus era judeu:

1 - Assumiu os negócios do pai;

2 - Viveu em casa até os 33 anos;

3 - Tinha certeza de que a mãe era virgem, e a mãe tinha certeza de que ele era Deus.

 

B ) Três provas de que Jesus era irlandês:

1 - Nunca foi casado;

2 - Nunca teve emprego fixo;

3 - O último pedido dele foi uma bebida.

 

C) Três provas de que Jesus era porto-riquenho:

1 - Primeiro, o nome dele era Jesus;

2 - Sempre teve problemas com a lei;

3 - A mãe dele não sabia quem era o seu pai.

 

D) Três provas de que Jesus era italiano:

1 - Falava com as mãos;

2 - Tomava vinho em todas as refeições;

3 - Trabalhou no comércio.

 

E) Três provas de que Jesus era californiano:

1 - Nunca cortou o cabelo;

2 - Andava descalço;

3 - Inventou uma nova religião.

 

F) Três provas de que Jesus era francês:

1 - Nunca trocava de roupa;

2 - Não lavava os pés;

3 - Não falava inglês.

 

G ) Três provas de que Jesus era brasileiro:

1 - Nunca tinha dinheiro;

2 - Vivia fazendo milagres;

3 - Se ferrou na mão do governo.

 

Não foi possível chegar a um consenso sobre a nacionalidade de Jesus. Mas todos concordaram com uma coisa:

JUDAS, com certeza, era Argentino...

 

Enviada por Doutora Teresa.

 

AULA DE RELIGIÃO

 

Na aula de religião a professora pergunta aos meninos e meninas da turma:

 

- Qual é a parte do corpo que chega primeiro ao céu ?

 

Uma menininha levanta o braço e diz:

 

- As mãos, irmã.

 

- E porquê ?

 

- Porque quando rezamos, elevamos as mãos ao céu.

 

Nisto, Joãozinho pede licença à professor e contesta:

 

- Não são as mãos não! São os pés!

 

- Os pés, Joãozinho ? E porquê ? - pergunta a freira.

 

- Bem, esta noite, fui ao quarto dos meus pais.

 

A minha mãe estava com ambas as pernas levantadas, os pés no ar, e gritava:

 

"Meu Deus, meu Deus, estou indo... estou indo"...

 

Ainda bem que o meu pai estava em cima dela, segurando, porque senão ela ia mesmo!!!

 

Cantinho brasileiro de 08 de Janeiro 2006    

 

Clik – clique para ver:   Minhas fotos 

 

boas definições ......kkkkkkk

duduto

Subject: FW: O que é sexo afinal?

   O QUE É SEXO AFINAL???
   _ Segundo o médico é uma doença, Porque sempre termina na cama.
   _ Segundo o advogado é uma injustiça, Porque sempre há um que fica por
baixo
   _ Segundo o engenheiro é uma máquina perfeita, Porque é a única em q
se trabalha deitado.

   _ Segundo o arquiteto é um erro de projeto, Porque a área de lazer
fica muito próxima á área de saneamento.

  _ Segundo o político é um ato de democracia perfeito, Porque todos
gozam independente da posição.

   _ Segundo o economista é um desajuste, porque entra mais do que sai;
às vezes, nem se sabe o que é ativo e o que é passivo

   _ Segundo o contador é um exercício perfeito: Põe-se o bruto, faz-se o
balanço, tira-se o bruto e fica o líquido. Podendo, na maioria dos casos,
ainda gerar dividendos.

   _ Segundo o matemático é uma perfeita equação, Porque a mulher coloca
entre parênteses, eleva o membro à sua máxima potência, e lhe extrai o
produto, reduzindo-o à sua mínima expressão

   _ Segundo o psicólogo, é FODA de explicar



_________________________________________________________________

 

 

Réplica gigante da "Mona Lisa", de Leonardo da Vinci, feita em plantação de arroz em Inakadate, no Japão

 



 



M e n u

» A vida em Lisboa
» O Novo Mundo
» Cabral, o fidalgo
» Navegar é preciso
» A vida nos porões
» O diário de bordo
» Quase amigos
» A nau das saudades
» 30 anos de saudades
» O Pau-brasil
» A outra história

 

 

  Imirá Hotel – Natal – Rio Grande do Norte - Brasil

VERÃO

Rio Grande do Norte recebe mais investimento de pessoas físicas estrangeiras que se fixaram no país do que Rio e SP

Estrangeiros compram litoral do Nordeste

THIAGO GUIMARÃES
DA AGÊNCIA FOLHA, EM NATAL

Dono de um modesto 18º lugar entre as economias estaduais do país, o Rio Grande do Norte vive uma explosão de investimentos estrangeiros, concentrados no setor turístico.
Segundo a Coordenação Geral de Imigração do Ministério do Trabalho, o Rio Grande do Norte foi, em 2005, o Estado que mais recebeu investimentos de estrangeiros (pessoas físicas) que se fixaram no Brasil, com US$ 27,5 milhões. Deixou para trás Estados como Rio de Janeiro (US$ 17,9 milhões), Bahia (US$ 15 milhões) e São Paulo (US$ 13,5 milhões).
Ainda de acordo com o ministério, a maior fatia dos recursos externos -60%- é aplicada no turismo, em negócios como hotéis, pousadas e restaurantes. É um dado fácil de perceber no Rio Grande do Norte, onde há uma invasão de empreendimentos estrangeiros no litoral.
Levantamento da Secretaria de Turismo do Estado mostra que está prevista a construção de 96 hotéis apenas no circuito turístico Costa das Dunas, o mais movimentado do Estado, em projetos que incluem 18 campos de golfe. O pólo Costa das Dunas abrange Natal e cerca de 100 km para sul e 100 km para norte do município.
Desses 96 hotéis -quatro em construção, 22 em fase de licenciamento e 70 ainda no papel-, apenas 23 (24%) têm participação de grupos brasileiros.
O restante está nas mãos de portugueses, espanhóis, italianos, noruegueses, holandeses, suíços, suecos, alemães, franceses e dominicanos.
Para o subsecretário de Turismo do Estado, Francisco Júnior, o Rio Grande do Norte foi eleito a bola da vez do investimento turístico externo por estar perto da Europa (são cerca de seis horas de vôo de Lisboa), pelo clima (de 22C a 32C durante o ano todo) e pela segurança.
Também citou o encarecimento de destinos turísticos europeus tradicionais, como o Algarve português e o sul da Espanha.

Turistas
De 2001 a 2004, o fluxo de turistas estrangeiros cresceu 126% no Estado -de 124.906 pessoas para 282.270 pessoas, segundo estimativa do governo. Para o sueco Jan von Bahr, diretor-geral do Serhs Natal Grand Hotel, o fato de o Rio Grande do Norte já ser um destino popular entre turistas estrangeiros também influi na decisão dos investidores externos.
Inaugurado em novembro na via Costeira de Natal, o hotel de 20 mil m2 e 396 quartos é o primeiro do grupo espanhol Serhs no Brasil. O investimento, segundo Bahr, foi de R$ 100 milhões em recursos próprios.
Outro grande projeto hoteleiro estrangeiro, esse ainda em fase de captação de recursos, é o Portal do Brasil Resort, em Senador Georgino Avelino (56 km a sul de Natal). É um projeto de US$ 350 milhões e 450 km2 de área construída do grupo francês Ultra Classic, que inclui sete hotéis e uma marina para 1.100 barcos.
"O Rio Grande do Norte é um lugar estratégico único no planeta", afirmou o francês Pierre Lothoz, representante do Ultra Classic no Brasil. Além da proximidade com a Europa, ele citou como trunfo do Estado a facilidade de navegar até lá, por conta de ventos e correntes marítimas favoráveis.

Especulação
Há quem diga que a invasão estrangeira no Rio Grande do Norte tem um forte componente especulativo. "Grande parte do litoral está comprometida em razão da especulação imobiliária. A quantidade de empreendimentos estrangeiros é impressionante", afirmou o secretário-adjunto do Gabinete Civil do governo do Rio Grande do Norte, Carlos Castim.
"Obviamente há investidores que compram terrenos pensando em especulação, mas não são maioria", afirmou o subsecretário de Turismo Francisco Júnior. Bahr, do Serhs Hotel, também fez suas ressalvas: "O discurso sobre o turismo é muito forte. Mas teoria e realidade são muito diferentes", disse ele, sobre os projetos que podem não sair do papel.

 Praia de Natal – Rio Grande do Norte – Brasil.

Morador reclama de alta nos preços dos terrenos

DA AGÊNCIA FOLHA, EM MAXARANGUAPE

Na calma de sua rede em frente de casa, às 15h de uma quinta-feira, a dona-de-casa Socorro de Morais, 55, nota os efeitos da chegada estrangeira no distrito de Maracajaú, em Maxaranguape (48 km a norte de Natal):
o lote que o vizinho comprou por R$ 1.000

+ ou -  300, euros

não vende hoje por menos de R$ 20 mil, disse ela.
"Depois que os portugueses chegaram comprando aqui, o povo explora demais", afirmou ela, em uma reclamação sobre o aumento dos preços dos terrenos no distrito. Desde o final da década de 90, muitos portugueses se instalaram no local, construindo casas e pousadas.
O maior empreendimento estrangeiro em Maracajaú tem previsão de inauguração no próximo mês. É um condomínio de 46 casas do grupo norueguês Polaris, localizado em uma área praticamente deserta a cerca de 1 km do distrito. Todas as casas foram vendidas para noruegueses, e estão previstas três expansões do condomínio.
A coordenadora do grupo Polaris, Jacinta Carvalho, disse que pesou na opção da empresa pelo Rio Grande do Norte o fato de o Estado oferecer terras a preços mais baixos do que, por exemplo, Bahia e Rio de Janeiro. Citou também o fato de ser um destino turístico conhecido dos europeus, que recebe vôos charters (de aviões alugados) periódicos daquele continente.
Anunciado no site do grupo como um "paraíso no Nordeste brasileiro", o empreendimento dos noruegueses influenciou diretamente a vida de Socorro de Morais, conhecida no distrito como "dona Nenê". A filha de 21 anos, que dava aulas em sua pequena escola, foi trabalhar no condomínio e ela decidiu fechar o negócio.
Entretanto, como os outros moradores de Maracajaú ouvidos pela reportagem, dona Nenê disse acreditar que a chegada dos estrangeiros foi boa para o distrito, pelos empregos que gerou. "Antes aqui não tinha emprego, quem quisesse era pescaria", afirmou ela, mulher de pescador.
(TG)

 Imirá Hotel – Natal – Rio Grande do Norte - Brasil

Investimentos crescem na Bahia

LUIZ FRANCISCO
DA AGÊNCIA FOLHA, EM SALVADOR

Os dirigentes da Bahiatursa partiram de uma idéia simples para alavancar o surgimento de um pólo turístico e empresarial na Bahia -a construção de condomínios e hotéis, na mesma área, que podem ser utilizados para uso residencial ou para veraneio.
Há dois anos, um CD contendo o mapa de todas regiões turísticas da Bahia, além dos principais hotéis, pousadas, estradas e aeroportos, foi gravado em nove idiomas (inglês, francês, português, alemão, russo, italiano, espanhol, mandarim e árabe) e encaminhado para operadores e agentes de viagens de todos os continentes.
"Além do CD, nós também enviamos técnicos especializados em "vender" a Bahia para dar um curso aos agentes e operadores", disse o presidente da Bahiatursa (órgão oficial de turismo do Estado), Cláudio Pinheiro Taboada.
O resultado foi imediato. Além de fechar o ano com uma ocupação de 75% da rede hoteleira -a média nacional foi de 57%, segundo a Embratur-, a Bahia recebeu cerca de US$ 15 milhões em investimentos estrangeiros em turismo -a maior parte foi aplicada na Linha Verde, estrada que liga Salvador a Aracaju pelo litoral.
Atualmente, o Estado também se prepara para receber mais US$ 900 milhões em investimentos, principalmente com a construção de hotéis e pousadas. "Quase todos os empreendimentos já estão em execução", disse Inez Garrido, 49, assessora da Secretaria Estadual do Planejamento.
Em Imbassahy (70 km de Salvador), a Reta Atlântico está investindo R$ 6 milhões na construção de um hotel (334 quartos) e três condomínios, com 171 imóveis. "Pelo menos 70% dos investidores são turistas europeus aposentados, que querem fugir do frio no continente e compraram casas na Bahia", disse Taboada.
Outra empresa que está investindo no litoral norte de Salvador é a Odebrecht. Só na construção de 118 casas de luxo, em Costa do Sauípe (80 km da capital baiana), a Odebrecht vai gastar R$ 65 milhões. Segundo a construtora, todas as unidades já foram comercializadas (algumas casas foram vendidas por R$ 1 milhão) e 50% dos clientes são estrangeiros,
a maioria portugueses.
Além das casas, a Odebrecht promete investir mais R$ 75 milhões para erguer oito hotéis na mesma área, uma fazenda anexa ao maior complexo hoteleiro da América do Sul. "Não tenho a menor dúvida de que estamos numa aspiral ascendente", disse o secretário da Cultura e Turismo da Bahia, Paulo Gaudenzi.
Segundo o secretário, desde 91, o governo estadual já investiu US$ 1,6 bilhão em obras de infra-estrutura (saneamento, estradas e aeroportos) nas regiões de maior potencial turístico do Estado. Na área privada, segundo estimativas do governo baiano, mais US$ 4 bilhões serão aplicados até 2020.
Em Imbassahy, as residências que estão sendo construídas possuem um diferencial -a administradora promete oferecer serviços opcionais de padrão hoteleiro, que só serão pagos se forem utilizados. "Esta é uma visão futurista, que agrada ao turista estrangeiro", disse a professora alemã Anette Stork, 30.
Há dez anos morando em Barcelona, a professora visitou a Bahia na semana passada e disse que pretende comprar uma casa na praia de Imbassahy. "Para quem ganha em dólar ou euro, os preços praticados no Brasil são convidativos. Na Europa ou Estados Unidos, por exemplo,
a gente jamais compraria uma casa de alto luxo, na praia, por US$ 200 mil.

+ Ou – 65.000, euros

E a Bahia ainda oferece outra vantagem: tem sol o ano todo, ao contrário dos países da Europa."
Outros reflexos da "venda" da Bahia no exterior e no Brasil foram o aumento dos vôos internacionais regulares (de 12, em 2004, para 43 em 2005) e do número de turistas que visitaram o Estado.

 O garçom dos Portugueses numa Praia deserta, ainda está tudo por fazer, é hora de investir em Natal – Rio Grande Norte – Brasil.

Brasileiro com a camisa do Sporting.

 

 Carlos Coelho em Natal – Rio Grande do Norte – Brasil.

 

 

 

Classificados

Voltar à Página Inicial da Tribuna

 

Natal/RN - Domingo, 8 de Janeiro de 2006

Anuncios

52  

68  

35  

124  

119  

76  

35  

3067  

541  

Hoje

4087  

 


Busca Inteligente

Escolha uma categoria ao lado para iniciar sua busca.

Seleção
Busca
Serviços





 

 

 

 

Vdo Parcelas de APTO c/ 3/4, por R$ 5.200 já tendo pago 7.350,00. F: 3642-1409/ 8815-0904 (Publicado em: 8-1-2006)

 





 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

F a s c í c u l o    4

 

T e n t a t i v a s   d e   C o n q u i s t a

O fracasso do Primeiro Assalto

A rendição e a tomada da Fortaleza

 

O s   M a s s a c r e s

A destruição da Capela de Cunhaú

Ataque a um arraial fortificado

Torturas lendárias de Uruaçu

Uma pequena anáise sobre as ações cruéis

O fim de Jacob Rabbi e do morticínio

O Brasão Holandês do Rio Grande

O Governo Holandês no RN

O potiguar Antonio Felipe Camarão

 

 

 

> Caro amigo

>

> "Aprender em cada segundo"

>

> Hoje aprendi...

>

> que quando erramos, é que aprendemos

> que envelhecer, não significa deixar de ser criança

> que o silêncio é a melhor resposta, quando se ouve um disparate

> que ganhar dinheiro, não é a prioridade de todas as profissões

> que os sonhos estão aí, para serem alcançados

> que os amigos conquistamos, mostrando o que somos

> que os nossos verdadeiros amigos, estarão ao nosso lado até ao fim

> que a maldade, muitas vezes se esconde atrás de uma bonita face

> que não podemos esperar a felicidade chegar, mas devemos ir à procura dela

> que quando pensamos saber tudo, descobrimos que temos ainda muito a aprender

> que a natureza, é uma das coisas mais belas da vida

> que amar, significa entregar-se por inteiro

> que um só dia, pode ser mais importante que muitos anos

> que podemos confessar, à lua

> que é possível viajar, para além do infinito

> que ouvir uma palavra de carinho, faz bem à saúde

> que um gesto de amor, aquece sempre o coração

> que o julgamento alheio, não é importante

> que devemos ser crianças, a vida toda

> que é preciso buscar e cultivar, a paz interior

> que sonhar, é necessário

> e que o mais importante de tudo, é que somos livres para escolher

> Não podemos viver apenas para nós mesmos.

> Mil fibras nos ligam às outras pessoas

> E se por essas fibras as nossas acções vão como causas...

> ...depois elas voltam para nós como efeitos.

> Aproveite ao máximo cada segundo da sua vida, pois ele é único.

 

 

Subject: Nelson Claro que se cuide...

 

> Mando-lhe um recorte preocupante, sobre um

> acontecimento em Itanhaem, onde o nosso querido amigo

> Nelson Claro tem casa de férias.

> Ele já não tem cabelo, o que só pode tornar as coisas

> piores.

> Um abraço

> To Mané

 

 

--------------------------------------------------------------------------------

OBS. Falei com por telefone com o Nelson Claro, está tudo bem e nunca foi assalto no Brasil.

Não li o e-mail com atenção e pensei que era o Nelson que tinha sido assaltado.

Carlos Coelho

INICIO


 

Cantinho brasileiro de 15 de Janeiro 2006    

Clik – clique para ver:   Minhas fotos 

 

 

Carnaval - Sua História, Sua Glória - Vol.17 = 20 Melodias

               http://app.uol.com.br/radiouol/linklista.php?nomeplaylist=002331-0%3C@%3ECarnaval_-_Sua_Hist%F3ria,_Sua_Gl%F3ria_-Vol.17&opcao=umcd 

 

 

Não esquecer ligar o som!

  http://www.brainwashstudios.com/php/flash.php?action=view&id=20

 

Subject: Re: Dois-dormitórios usa aço galvanizado e "dry wall"

 

CARLOS COELHO

 

Este é o nosso PROJETO . A KOFAR é nossa PARCEIRA . Este prédio as paredes são nosso material de CHAPA CIMENTICIA e os piso de PAINEL WALL ,

 

Abraços

 

Edmundo

 

 

São Paulo, domingo, 15 de janeiro de 2006

 

 

 

 

Texto Anterior | Próximo Texto | Índice

BRAGANÇA PAULISTA

Dois-dormitórios usa aço galvanizado e "dry wall"
A Kofar ergue 13 torres com 208 apartamentos (45 m2) de dois dormitórios no Colina das Pedras (bairro residencial Berbari Club), condomínio fechado com áreas de lazer e de estacionamento. Nas obras, serão utilizados 377 mil quilos de aço galvanizado, sem o emprego de tijolos ou de argamassa, o que evita o desperdício de materiais e reduz o prazo de entrega. As unidades terão acabamento interno de "dry wall" (placas de gesso acartonado). Preços: de R$ 42 mil a R$ 45 mil. Steel Frame: 0/xx/11/3816-7202.


Texto Anterior: Pré-lançamentos - Vila Prudente: Unidades de 50 m2 custarão R$ 74,9 mil
Próximo Texto: Panorâmica - Seguro: Rede de varejo lança plano residencial
Índice

 

As 10 Situações que Mais Irritam em um Supermercado



1 Quando a gente está na fila de um caixa e na nossa vez, a funcionária dá uma risadinha sacana
e coloca aquela maldita plaquinha escrita:
"caixa fechado".


2
Quando o empacotador coloca os 5 mamões que a gente comprou num mesmo saco e, ao chegar em casa, 3 já estão completamente amassados.


3
Quando o cliente da frente diz que o preço que o caixa marcou não é o mesmo que está escrito na gôndola e a gente é obrigado a esperar aquele idiota de patins ir até lá para conferir.


4
Quando a cliente da frente faz uma compra de nove reais e paga com cartão.


5
Quando, depois de um tempo, a rodinha da frente do carrinho começa a pegar e o maldito, além de não conseguir fazer curvas, ainda fica guinchando com aquele barulho irritante.


6
Quando a gente compra duas caixas de leite fechadas e o caixa do supermercado rasga uma delas e tira um litro para passar o código de barras.


7
Quando o casal da frente fez uma compra enorme e, quase no final do empacotamento e fechamento da conta, a mulher fala aquela frase terrível: "Benhê, esqueci de pegar o café. Você busca pra mim?"


8
Quando você não consegue descolar o saquinho plástico para empacotar as compras e aquela sádica do caixa não pára de despejar produtos em cima de você.


9
Quando você vai fazer uma compra de uns cinco pacotes e só tem à disposição aqueles carrinhos enormes feitos para levar a compra do mês.


10
Quando você vai sair do estacionamento e não consegue encontrar aquele maldito cartão de plástico para devolver ao porteiro na saída.

 

Bom dia!

 

A minha colega gostaria de ver as fotos dela e da irmã, no dia em que fomos à visita a Lisboa.

 

Sem crer apaguei-as, por isso se ainda as tiver podia enviar novamente?

 

Obrigada e desejo-lhe um bom dia.

-----------------------------------
Telefone sem assinatura + Internet até 16Mb
Apenas €34,90 por mês!
Saiba mais em http://acesso.clix.pt
grandes ideias fazem clix

De :

Castanheira de Pêra (Portugal) Mapa

Para :

Lisboa (Portugal) Mapa

 

Itinerário :

Rápido

Veículo :

Carro médio

Distância :

196.4 km

Vias rápidas :

111.4 km

Duração (1) :

02H26

 

 

Combustível :

16.50 € (15 l)

 

 

Portagens (2) :

PRT :

4.55 EUR

 


(1) Sem paragens e em condições normais de meteorologia e trânsito
(2) Excepto pontes e túneis pagos fora de França

 

 

 

 

Essa pergunta caiu em uma prova teórica do exame do Detran para motorista em Florianópolis.

 

 

1) Você está dirigindo seu carro pela Avenida Beiramar. Na sua frente há uma bicicleta; e à sua esquerda, uma faixa contínua. O que você faz ?

a- ( ) Você ultrapassa a bicicleta.
b- ( ) Você aguarda, pacientemente, atrás da bicicleta.
c- ( ) Você espera uma faixa pontilhada para ultrapassar.
d- ( ) Você buzina para que a bicicleta saia da frente.

P.S.: O gabarito oficial divulgado dá como certa a letra B.
Divulgação de acertos:

- Mulheres: todas erraram. Marcaram A (20%), C (10%) e D (70%)

- Homens: todos acertaram! Não estão acreditando? Vejam a foto ilustrativa da questão no anexo.

 

 

 

 

 

 

 

 


Carlos Coelho, a nova paixão do gorila Ricardão



 
Carlos fotografou o exato momento em que Ricardão, o gorila mais temido do Zoológico de Village People, fugiu de sua jaula particular. Irritadíssimo com o flash da máquina, o gorila agarrou Carlos, o jogou no chão e, para a surpresa de todos, o beijou.



Carlos está feliz apesar do mico, ele acha que tudo vale a pena para ter uma foto publicada no Estadão.

Antes de ter sido capturado para dentro da jaula de Ricardão, onde ganhou mais um monte de beijos, carícias e bananas, nosso herói mandou a imagem capturada do seu celular para o número 49700.
Ele poderia também, caso tivesse utilizado uma câmera digital, ter enviado para o email fr@estadao.com.br.

Faça como Carlos e participe do Fotorepórter Estadão.
Suas fotos podem virar notícia.

 

 

 

 

 

 

 

Carlos Coelho,

ainda bem que esta notícia é brincadeira e serve apenas para você mandar para seus amigos e amigas colocando o nome deles na matéria.

Participe do Fotorepórter Estadão e publique de verdade as suas fotos aqui.

 

 

 

George W Bush and Condolisa Rice are having a meeting... read on.

 

      George: Condi! Nice to see you. What's hap pening?

      Condi: Sir, I have the report here about the new leader of China.

      George: Great. Tell me all about it.

      Condi: Hu is the new leader of China.

      George: That's what I want to know.

      Condi: That's what I'm telling you.

      George: That's what I'm asking you. Who is the new leader of China ?

      Condi: Yes.

      George: I mean the fellow's name.

      Condi: Hu.

      George: The guy in China .

      Condi: Hu.

      George: The new leader o f China.

      Condi: Hu.

      George: The main man in China!

      Condi: Hu is leading China.

      George: Now whaddya' asking me for?

      Condi: I'm telling you, Hu is leading China.

      George: Well, I'm asking you. Who is leading China?

      Condi: That's the man's name.

      George: That's who's name?

      Condi: Yes.

      George: Will you, or will you not, tell me the name of the new leader

of China?

      Condi: Yes, sir.

      George: Yassir? Yassir Arafat is in China? I thought he was dead in

the Middle East.

      Condi: That's correct.

      George: Then who is in China?

      Condi: Yes, sir.

      George: Yassir is in China?

      Condi: No, sir.

      George: Then who is?

      Condi: Yes, sir.

      George: Yassir?

      Condi: No, sir.

      George: Look Condi. I need to know the name of the new leader of 

China. Get me the Secretary General of the U.N. on the phone.

      Condi: Kofi?

      George: No, thanks.

      Condi: You want Kofi?

      George: No.

      Condi: You don't want Kofi.

      George: No. But now that you mention it, I could use a glass of milk.

And then get me the U.N.

      Condi: Yes, Sir

      George: Not Yassir! The guy at the U.N.

      Condi: Kofi?

      George: No, Milk! Will you please make the call?

      Condi: And call who?

      George: Who is the guy at the U.N?

      Condi: Hu is the guy in China

      George: Will you stay out of China?!

      Condi: Yes, sir.

      George: And stay out of the Middle East! Just get me the guy at the

U.N.

      Condi: Kofi.

      George: All right! With cream and two sugars.

 

 

George W Arbusto e o arroz de Condolisa estão tendo uma reunião... lida sobre.  George:  Condi!  Nice para vê-lo.  Que o hap peningCondi:  Senhor, eu tenho o relatório aqui sobre o líder novo de China.  George:  Grande.  Diga-me toda sobre ele.  CondiHu é o líder novo de China.  George:  Aquele é o que eu quero saber.  Condi:  Aquele é o que eu lhe estou dizendo.  George:  Aquele é o que eu lhe estou perguntando.  Quem é o líder novo de China?  Condi:  Sim.  George:  Eu significo o nome do companheiro.  Condi Hu.  George:  O guy em China.  CondiHu.  George:  O líder novo o f China.  Condi Hu.  George:  O homem principal em China!  CondiHu está conduzindo a China.  George:  Agora whaddya ' que pergunta me para?  Condi:  Eu estou dizendo-o que, Hu está conduzindo a China.  George:  Bem, eu estou perguntando-lhe.  Quem está conduzindo a China?  Condi:  Aquele é o nome do homem.  George:  Aquele é quem é nome?  Condi:  Sim.  George:   você, ou você, não me dirá o nome do líder novo de China?  Condi:  Sim, senhor.  George:  YassirYassir Arafat está em China?  Eu pensei que estava inoperante em o Oriente Médio.  Condi:  Isso está correto.  George:  Então quem está em China?  Condi:  Sim, senhor.  George:  Yassir está em China?  Condi:  No., senhor.  George:  Então quem é?  Condi:  Sim, senhor.  George:  YassirCondi:  No., senhor.  George:  Olhe Condi.  Eu necessito saber o nome do líder novo de China.  Comece-me o secretário geral do U.N. no telefone.  CondiKofi?  George:  No., agradecimentos.  Condi:  Você quer Kofi?  George:  Não.  Condi:  Você não quer Kofi.  George:  Não.  Mas agora isso que você o menciona, mim poderia usar um vidro do leite.  E comece-me então o U.N.  Condi:  Sim, Senhor George:  Não Yassir!  O guy no U.N.  CondiKofi?  George:  No., Leite!  Você fará por favor a chamada?  Condi:  E chamada quem?  George:  Quem é o guy no U.N?  CondiHu é o guy em China George:  Vontade que você permanece fora de China?!  Condi:  Sim, senhor.  George:  E estada fora de o Oriente Médio!  Comece-me apenas o guy no U.N.  CondiKofi.  George:  Toda para a direita!  Com creme e dois açúcares

 Garagem vertical automatizada.

Modinha
Altemar Dutra & Nelson Gonçalves

Olho a rosa na janela,
Sonho um sonho pequenino,
Se eu pudesse ser menino eu roubava esta rosa
E ofertava todo prosa à primeira namorada
E nesse pouco ou quase nada
Eu dizia o meu amor, o meu amor.
Olho o sol findando lento,
Sonho um sonho de adulto,
Minha voz na voz do vento indo em busca do teu vulto
E o meu verso em pedaços só querendo o teu perdão,
Eu me perco nos teus braços
E me encontro na canção.
Ai, amor, eu vou morrer
Buscando o teu amor.
Ai, amor, eu vou morrer
Buscando o teu amor.

                                   ***Acácio Santos Costa

By Kate

[9/13/terça-feira 01:24:11] Acacio Santos Cos... diz :Carlos não estou conseguindo falar. Te ouço mas não consigo que me ouças. Tenho, amamnhã de estudar em Ajuda, como isto funciona

[9/13/terça-feira 16:56:55] * Acacio Santos Costa adicionou http://carloscoelhos.blog.uol.com.br ao bate-papo

[9/13/terça-feira 17:12:24] carlos.coelho27833 diz :Como estás

[9/13/terça-feira 17:15:45] Acacio Santos Cos... diz :Carlos

[9/13/terça-feira 17:17:21] Acacio Santos Cos... diz :Cheguei agora. Estava falando c? Salvador por telf fixo, ainda não aprendi a usar esta geringonça. Vou entrar em Ajuda para ver se aprendo a lidar e poder comunicar-me c: Vcs

[9/13/terça-feira 17:47:04] Acacio Santos Cos... diz :EStou ouvindo-te muito bem. Tenho o fone instalado mas não consigo falar.

[9/13/terça-feira 17:48:08] Acacio Santos Cos... diz :Eu tb tenho e3sse microfone das orelhas.

[9/13/terça-feira 17:48:47] Acacio Santos Cos... diz :Tb tenho fone Uol mas ainda não usei, embora já o tenho instalado

[9/13/terça-feira 17:55:52] Acacio Santos Cos... diz :Estou ouvindo-te muito bem. Verificando os fios, constatei que o fiode emissão está quebrado

[9/13/terça-feira 17:56:40] Acacio Santos Cos... diz :Amanhã vou consertar o Fone

[9/13/terça-feira 17:57:21] Acacio Santos Cos... diz :Ok  Manda então  POdes mandar em qualquer um que sai todos no Outloock

[9/13/terça-feira 17:58:00] Acacio Santos Cos... diz :Ok Vou ver o que estás falando em ver as fotos

[9/13/terça-feira 17:58:48] Acacio Santos Cos... diz :O UOL te4nho que instalar novamente pq eu fiz uma limpesa do computador

[9/13/terça-feira 17:59:49] Acacio Santos Cos... diz :Ok Eu vou ver as fotos a do Herculano mandaste pelo e-mail

[9/13/terça-feira 18:00:13] Acacio Santos Cos... diz :Estou ouvindo e escrevendo

[9/13/terça-feira 18:02:18] Acacio Santos Cos... diz :Eu vou ver . Agora,neste instante vou no tecnico consertar.

[9/13/terça-feira 18:02:34] Acacio Santos Cos... diz :Me envia teu codigo no Uol

[9/13/terça-feira 18:03:20] Acacio Santos Cos... diz :Eu comprei creditos no Uol mas ainda não falei e perdi alguns.

[9/13/terça-feira 18:04:50] Acacio Santos Cos... diz :Eu comprei no banco. exigiram 48 horas para aceitar. Veio a resposta aceitando.

[9/13/terça-feira 18:05:09] Acacio Santos Cos... diz :No entanto, pediram mais creditos.

[9/13/terça-feira 18:05:44] Acacio Santos Cos... diz :Certo.  Talvez pq eu talvez não tenho colocado os 20 reais

[9/13/terça-feira 18:06:33] Acacio Santos Cos... diz :Mesmo com a Uol não adianta tentar já que o fio da emissão estar quebrado

[9/13/terça-feira 18:07:37] Acacio Santos Cos... diz :Sobre a m/ irmã, ela, realmente escrave bem.

[9/13/terça-feira 18:07:58] Acacio Santos Cos... diz :Vou dizer-lhe para escrever alguma coisa

[9/13/terça-feira 18:08:32] Acacio Santos Cos... diz :Meu caro, cada um escreve como sabe e pode.

[9/13/terça-feira 18:09:03] Acacio Santos Cos... diz :Creio que ninguem está de olho no que escrevemos.

[9/13/terça-feira 18:09:31] Acacio Santos Cos... diz :Deixa os cãis ladrar e a caravna passar

[9/13/terça-feira 18:10:35] Acacio Santos Cos... diz :Ves, esses, que tem cultura e são de indole superior, compreendem o desconhecimento dos outros, que algumas vezees tem outraspendores

[9/13/terça-feira 18:11:21] Acacio Santos Cos... diz :que eles não tem e são muito maiores noutras coisa pq n o conhecimento é muito amplo e a luz se propaga em

[9/13/terça-feira 18:11:34] Acacio Santos Cos... diz :todas as direções.

[9/13/terça-feira 18:12:00] Acacio Santos Cos... diz :Infeliz do que pensa saber tudo pq está para nascer quem tudo sabe

[9/13/terça-feira 18:12:22] Acacio Santos Cos... diz :Sobre a tua operação desconhecia que a fizeste

[9/13/terça-feira 18:13:07] Acacio Santos Cos... diz :Eu, qque sei ser dever dazer o exame, ainda não o fiz.

[9/13/terça-feira 18:13:27] Acacio Santos Cos... diz :Quando foi a tua operação.

[9/13/terça-feira 18:13:53] Acacio Santos Cos... diz :Ainda existem uns tolos que tem preconceito com o retal

[9/13/terça-feira 18:14:55] Acacio Santos Cos... diz :Eu não tenho urina solta enunca tive dificuldade em urinar. Não, tenho 1 jato nor4mal

[9/13/terça-feira 18:16:31] Acacio Santos Cos... diz :O meu problema é na evacuação. Tenho uma prisão de ventre vio9lenta q resolve c remedio de Portugal

[9/13/terça-feira 18:17:08] Acacio Santos Cos... diz :Está dando um som, vez\ em quando, raro,

[9/13/terça-feira 18:17:52] Acacio Santos Cos... diz :Depois vou abrir o Outloock, agora estou neste chat.

[9/13/terça-feira 18:18:07] Acacio Santos Cos... diz :Agora, estou fazendo

[9/13/terça-feira 18:18:21] Acacio Santos Cos... diz :OK Vou no tecnoico

[9/13/terça-feira 19:39:01] Acacio Santos Cos... diz :Amigo estou sem saida de som. Meu fone quebrou

 

O MEDO CAUSADO PELA INTELIGÊNCIA

Quando Winston Churchill, ainda jovem, acabou de pronunciar o seu 1.º discurso, na Câmara dos Comuns, foi perguntar a um velho parlamentar, amigo de seu pai, o que tinha achado do seu  desempenho naquela assembleia de vedetas políticas.

O velho pôs a mão no ombro de Churchill e disse-lhe em tom paternal:                                                “Meu jovem, você cometeu um grande erro.

Foi demasiado brilhante neste seu primeiro discurso.                         Isso é imperdoável !

Devia ter começado um pouco mais na sombra.                                    Devia ter gaguejado um pouco.

Com a inteligência que demonstrou hoje, deve ter conquistado, no mínimo, uns trinta inimigos.                                               O talento assusta".

Ali estava uma das melhores lições que um velho sábio pode dar ao pupilo que se inicia numa carreira difícil.

Isso, em Inglaterra.                           Imaginem aqui, em Portugal.

Vale a pena lembrar uma famosa trova de Ruy Barbosa:

“Há tantos burros a mandar em homens inteligentes que, às vezes, penso que a burrice é uma Ciência”.

A maior parte das pessoas encasteladas em posições políticas é medíocre e tem um indisfarçável medo da inteligência.

Temos de admitir, por outro lado, que, de um modo geral, os medíocres são mais obstinados na conquista de posições importantes.

Sabem ocupar os espaços vazios deixados pelos talentosos displicentes que não revelam o apetite do poder.

Mas, há que ter em consideração que esses medíocres, oportunistas e ambiciosos, têm o hábito de defender bem as posições conquistadas – como que com verdadeiras muralhas de granito por onde talentosos não conseguem passar.

Em todas as áreas encontramos dessas fortalezas inexpugnáveis a quaisquer legiões de lúcidos.

Dentro deste raciocínio, que poderia ser uma extensão do "Elogio da Loucura", de Erasmo de Roterdão, somos forçados a admitir que uma pessoa precisa de fingir que é burra se quer vencer na vida.

É pecado fazer sombra a alguém, até numa conversa social.

Assim como um grupo de senhoras burguesas, bem casadas, boicota, automaticamente, a entrada de uma jovem mulher bonita no seu círculo (com medo de perderem os maridos), também os encastelados medíocres se fecham como ostras à simples aparição de um talentoso jovem que os possa ameaçar.

Eles conhecem bem as suas limitações, sabem como lhes custa desempenhar tarefas que os mais dotados realizam “com uma perna às costas”...

Enfim, na medida em que admiram a facilidade com que os mais lúcidos resolvem problemas, os medíocres repudiam-nos para se defenderem.

É um paradoxo angustiante !

Infelizmente, temos de viver com estas regras absurdas que transformam a inteligência numa espécie de desvantagem perante a vida.

Como é sábio o velho conselho de Nelson Rodrigues...                                "Finge-te de idiota, e terás o céu e a terra".

O problema é que os inteligentes gostam de brilhar!                                            Que Deus os proteja, então, dos medíocres!...

Enviado por Doutora Teresa.

 

> VESTIBULAR

>

>

>   Vestibular da Universidade da Bahia cobrou dos candidatos a

>         interpretação do seguinte trecho de poema de Camões:

>

>         "Amor é fogo que arde sem se ver, é ferida que dói e não se sente,

>   é

>         um contentamento descontente, dor que desatina sem doer".

>

>         Uma vestibulanda de 16 anos deu a sua interpretação:

>

>         "Ah! Camões, se vivesses hoje em dia, tomavas uns antipiréticos,

>   uns

>         quantos analgésicos e Prozac para a depressão. Compravas um

>         computador, consultavas a internet e descobririas que essas dores

>         que sentias, esses calores que te abrasavam, essas mudanças de

>         humor  repentinas, esses desatinos sem nexo, não eram feridas

>         de amor, mas  somente falta de sexo!"

>

>         Ganhou nota dez. Foi a primeira vez que, ao longo de mais de 500

>         anos, alguém desconfiou que o problema de Camões era mulher.

>   essa só pode ser piada......

INICIO


 

Cantinho brasileiro de 17de Janeiro 2006    

Audácia

Comece por fazer o que é necessário, depois o que é possível e de repente estará a fazer o impossível. (São Francisco de Assis) 

 

Terceiro Setor

Nesta época de transformações sociais, surgem por todo o planeta, grupos supra-nacionais como as ONG's (Organizações Não Governamentais) que atuam acompanhando, divulgando e fomentando ações mundiais de controle das atividades dos países com relação à utilização dos recursos naturais situados dentro de suas fronteiras como florestas, reservas marinhas, mananciais, contaminação do ar, subsolo, direitos humanos, ações sociais à vários grupos da sociedade (índios, minorias, mulheres, drogados, sem-terra) e etc. Confira

 

 

 

Leiam vale a pena....

Convite da Loucura

 

A Loucura resolveu convidar os amigos para tomar um café em sua casa.

Todos os convidados foram. Após o café, a Loucura propôs:

Vamos brincar de esconde-esconde?

Esconde-esconde? O que é isso? - perguntou a Curiosidade.

Esconde-esconde é uma brincadeira. Eu conto até cem e vocês se escondem.

Ao terminar de contar, eu vou procurar, e o primeiro a ser encontrado será

o próximo a contar.

Todos aceitaram, menos o Medo e a Preguiça.

1,2,3,... - a Loucura começou a contar.

A Pressa escondeu-se primeiro, num

lugar qualquer. A Timidez, tímida como sempre, escondeu-se na copa de

uma árvore.

A Alegria correu para o meio do jardim. Já a Tristeza começou a chorar,

pois não encontrava um local apropriado para se esconder.

A Inveja acompanhou o Triunfo e se escondeu perto dele debaixo a contar

e os seus amigos iam e escondendo.

O Desespero ficou desesperado ao ver que a Loucura já estava no noventa

e nove. CEM! - gritou a Loucura.

 

Vou começar a procurar...

A primeira a aparecer foi a Curiosidade, já

que não agüentava mais querendo saber quem seria o próximo a contar.

Ao olhar para o lado, a Loucura viu a Dúvida em cima de uma cerca sem

saberem qual dos lados ficar para melhor se esconder.

E assim foram aparecendo a Alegria, a Tristeza, a Timidez...

Quando estavam todos reunidos, a Curiosidade perguntou:

 

Onde está o Amor?

 

Ninguém o tinha visto.

A Loucura começou a procurá-lo. Procurou em cima da montanha, nos rios,

debaixo das pedras e nada do Amor parecer.

Procurando por todos os lados, a Loucura viu uma roseira, pegou um

pauzinho e começou a procurar entre os galhos, quando de repente ouviu um

grito. Era o Amor, gritando por ter furado o olho com um espinho.

A Loucura não sabia o que fazer.

Pediu desculpas, implorou pelo perdão

do Amor e até prometeu segui-lo para sempre.

O Amor aceitou as desculpas.

Hoje, o Amor é cego e a Loucura o acompanha sempre.

 

Esta mensagem deve sair do teu e-mail em 96 horas.

Por favor mande 10 cópias e verá o que te sucede em quatro dias!!!

A vida é muito curta pra se arrepender

Enviado por Mário Gonzáles.

 

Estratégia da Empresa

Na dinâmica do mercado atual, a primeira pergunta que o empresário deve responder para uma lição de auto-análise em seu negócio ou futuro negócio é a seguinte: Por que comprariam de minha empresa e não comprariam da concorrência? Confira

 

 

 Pintor Rodrigo Coelho @6 anos@ ( Meu neto).

Hoje o meu dia foi muito legal

torce     cecoa

Porque fiquei com a minha avó e o meu avô

Ficarcoamia      e coumea

Meu avô me levou no Clube do Portal do Morumbi e eu Rodrigo Coelho nadei muito e fiz amigos. 

Meã           mi              no            paranadar   i Porpue     motoe            

E fiz muito exercício.

Eu espero que amanhã seja um dia igual a este se DEUS quiser.

Rodrigo Guimarães Coelho

 

Realmente é por ai na vida...........kkkkkkkkkkkk

 

duduto

 

Em uma cidade do interior, viviam duas mulheres que tinham o mesmo nome: Rose.
Uma era freira e a outra, taxista.
Quis o destino que morressem no mesmo dia.
Quando chegaram ao céu, São Pedro esperava-as.
- O teu nome?
- Rose
- A freira?
- Não, a taxista.
São Pedro consulta as suas notas e diz:
- Bem, ganhastes o paraíso. Leva esta túnica com fios de ouro. Pode entrar.
A seguir...
- O teu nome?
- Rose
- A freira?
- Sim, eu mesmo.
- Bem, ganhastes o paraíso. Leva esta túnica de linho. Pode entrar.
A religiosa diz:
- Desculpe, mas deve haver engano. Como toda freira cabeça dura, resmungou: Eu sou Rose, a freira!
- Sim, minha filha, e ganhastes o paraíso. Leva esta túnica de linho...
- Não pode ser! Eu conheço a outra, Senhor. Era taxista, vivia na minha cidade e era um desastre! Subia as calçadas, batia com o carro todos os dias, conduzia pessimamente e assustava as pessoas.
Nunca mudou, apesar das multas e repreensões policiais. E quanto a mim, passei 65 anos pregando todos os domingos na paróquia. Como é que ela recebe a túnica com fios de ouro e eu esta?
- Não há nenhum engano - diz São Pedro. É que, aqui no céu, adotamos uma gestão mais profissional do que a de vocês lá na Terra...
- Não entendo!
- Eu explico: Já ouviu falar de Gestão de Resultados? Agora nos orientamos por objetivos, e observamos que nos últimos anos, cada vez que tu pregavas, as pessoas dormiam. E cada vez que ela conduzia o táxi, as pessoas rezavam!!! Resultado é o que importa!
 

acabei de navegar por castanheira de pera contente pelo progresso  este ano estarei la

acabei de voltar de portugal com um garrafao de aguape e castanhas  secas

nossa terra e linda como disse  fiz a 4 classe em castanheira de pera  o professor eduardo correia

no troviscal onde nasci professora grasiela  que morava na castanheira aquele abraco

meu nome - lusitano abrantes malheiro - natural do troviscal - moro em brasilia

quando ia a castanheira sempre visitava o rotary como socio que sou aqui em brasilia onde fui presidente

 

 

SOL ANDINO

Passeio de charrete por entre videiras, degustação de vinho e aulas com enólogos compõem visita a vinícolas

Tintos predominam na rota de Colchagua

DO ENVIADO ESPECIAL AO CHILE

Uma das formas imprescindíveis de desfrutar mais o Chile, depois de passar por Santiago, é degustando um dos melhores produtos de exportação do país diretamente na linha de produção vitivinícola.
Os caminhos da uva são muitos. Para quem aprecia os tintos, recomenda-se o vale do Colchagua, a cerca de duas horas da capital, uma das regiões líderes da produção de vinhos chilenos. No total, 40% dos 50 mil hectares da área são cobertos por vinhas, mas também é possível encontrar macieiras e pessegueiros.
A Rota do Vinho do vale de Colchagua foi desenvolvida por 12 das cerca de 30 vinícolas da região, entre as quais a Casa Silva e a Viu Manent. As variedades tintas (malbec, carmenère, merlot e cabernet sauvignon) representam 90% das vinhas do Colchagua, sendo que só a cabernet sauvignon responde por 50% das uvas.
No tour, o viajante conhece até cinco tipos de vinho, em uma autêntica aula dada por enólogos, que explicam as etapas da fabricação durante a visita às vinhas, mostrando o sistema industrial e os barris de carvalho utilizados para o descanso da bebida.
Há um equipamento, uma espécie de balão, que é inflado com oxigênio e espreme a uva nas paredes, sem esmagá-las -ou seja, aquele processo visto em filmes de pessoas descalças pisando nas uvas já era.
Uma das boas surpresas é poder transitar em charretes entre as videiras e visitar um subsolo com vinhos preciosos trancados com cadeados. O turista é levado à sala de degustação, com arquitetura colonial. Nesse ponto, tem início uma nova aula: o enólogo ensina lições básicas para tomar o vinho. A primeira delas é inclinar o copo para analisar a cor da bebida. Depois, é preciso agitar a taça para sentir o aroma e, em seguida, tomar um pouco da bebida, fazendo bochechos para que toda a boca sinta o tipo do vinho.
As vinícolas têm lojas próprias no local, para o turista comprar o vinho que mais apreciou na degustação, com preços mais baixos que os encontrados no mercado.
Na Casa Silva, que produz nove milhões de litros de vinho por safra, os tours são oferecidos em seis horários diferentes, das 10h30 às 17h, todos os dias.
A fábrica, que é de 1937 e se modernizou nas últimas décadas, só passou a produzir com marca própria em 1997, ano em que a Casa Silva deixou de vender para outras empresas.
Já a Viu Manent foi fundada em 1935 por dois irmãos e tem produção anual de 2,5 milhões de litros -70% tinto, e o restante, branco, seguindo tendência verificada em todo o vale. A sede da vinícola é um casarão de estilo colonial espanhol, onde são servidos pratos típicos chilenos.
Para fazer o passeio completo, com um dia todo de atividades, visita a duas vinícolas e degustação de vinhos, além de transporte (em vans), alimentação e guia turístico, gastam-se de US$ 60 a US$ 140. Se o turista alugar um carro e percorrer o trecho sem guias, é possível visitar cada vinícola por cerca de US$ 15 por pessoa. Mapas podem ser comprados em Santiago por US$ 2.
(MARCELO TOLEDO)

 Chifre diferente.

 

Numa aula sobre matrimônio, o aluno pergunta ao professor:

- se morre uma esposa, o marido passa a ser viúvo;

- se morre o marido, a esposa passa a ser viúva; e num casamento de homossexuais, como se chama a pessoa a quem morreu o companheiro? Resposta do professor:

- Bicha solitária!

Enviada por Doutora Teresa.

  

 Teste de Lingüística

Teste de leitura veloz (Que realizam na Universidade de Salamanca, Espanha,  

para quem vai ingressar no curso de Lingüística ).

Tente ler sem errar...

 

      O gato assim fez

      O gato é fez

       O gato como fez

      O gato se fez

      O gato mantém fez

      O gato um fez

      O gato folgado fez

      O gato ocupado fez

      O gato por fez

      O gato quarenta fez

      O gato segundos fez

  

 

 Segue...        

        Agora lê somente a terceira palavra de cada uma das frases e...

        não resistirás à vontade de reenviá-lo.

 

                       Cuidado com  o stress porque:                                                                              
                                                                             
                "Mais  vale chegar atrasado neste mundo...                
                           do que adiantado no outro. 

 

 

    

 

  >VEJAM SÓ O QUE INVENTAM... COMO FOSSE VERDADE!!! TBM FUNCIONA COM ELES...

>

>   'Pois' - É a palavra que a mulher usa para acabar uma discussão quando

>ela

>percebeu que tem razão, não vale a pena continuar a discutir, e quer mandar

>calar o homem, o qual ainda não entendeu quem tem mesmo razão.

>

>

>

>   'Cinco minutos'  - Se ela está a vestir-se, significa meia hora; "cinco

>minutos" só quer mesmo dizer "cinco minutos" se o homem pediu "cinco

>minutos" para ver o fim do jogo antes de ajudar na cozinha.

>

>

>   'Não é nada' - Significa "alguma coisa", e é sempre um sinal de alarme.

>As

>discussões começam com "Não é nada ", e costumam acabar com "Pois."

>

>

>   'Faz como quiseres...' - É sempre um desafio, nunca uma autorização. O

>homem corre perigo sério se tentar fazer como quer!

>

>

>   Suspiro profundo - Na realidade não é uma palavra, mas uma afirmação não

>verbal que os homens raramente compreendem. O suspiro significa que o homem

>é um idiota, e de que serve perder tempo a discutir com um idiota quase

>sempre a propósito de "nada"

>

>

>   'Está bem' - É uma das afirmações mais perigosas que uma mulher pode

>fazer

>a um homem. "Está bem" significa que ela vai pensar bastante antes de

>decidir como e quando o homem vai pagar o mais caro possível pelo seu erro.

>

>

>   'Obrigada...' - Não é aconselhável tentar saber o que ela está a

>agradecer. O homem acabará  por descobrir qual o preço a pagar.

>

>

>   'Como queiras' - É a maneira de uma mulher chamar "seu $@&#%!" ao homem!

 

 Cuidado

 Crido Cenhor,

Quero candidatarme pro logar de ceqretária que vi no jurnal. Eu Teclo muito de pressa con um dedo e fasso contas de sumar.

Axo que sou boa ao tefone  em bora  seija uma peçoa do povo,

Tou á respondere ao luguar de ceqretária, que li no jurnal

 O meu selário aberto há discução pra que possa ver o que me quer pagar e o Cenhor aja qu’eu meresso,

Pósso cumessar imediatamente. Agradessida em avanso pela sua resposta.

Cinceramente,

 

 

Catia Vanessa Estrela

PS : Proque o meu currico é muinto piqueno, abaicho tem 1 foto minha.

 

Resposta do Empregador:......

Querida Catia Vanessa,

Não tem mal amor, Nós temos correcção automática. A menina começa já amanhã.

INICIO


 

Cantinho brasileiro de 20 de Janeiro 2006    

 

Olá, Carlos Manuel dos Santos Coelho

A estrada da vida

Um homem, uma mulher e uma estrada. Passado, presente e desejo. Rio de Janeiro e São Paulo. Caco Ciocler e Maria Ribeiro.
» Tudo começa no Km 0

 

 

 

Enviada por Doutora Teresa:

 

Historia do Socialismo

GALO VELHO E O GALO NOVO

 

O fazendeiro resolve trocar o seu velho galo por outro que desse conta das inúmeras galinhas.

Ao chegar o novo galo, e percebendo que perderia as funções, o velho galo foi conversar com o seu substituto:

- Olha, sei que já estou velho e é por isso que meu dono o trouxe aqui, mas será que você poderia deixar pelo menos duas galinhas para mim?

- Que é isso, velhote?! Vou ficar com todas.

- Mas só duas... Ainda insistiu o galo.

- Não. Já disse! São todas minhas!

- Então vamos fazer o seguinte, propõe o velho galo, apostamos uma corrida à volta do galinheiro. Se eu ganhar, fico com pelo menos duas galinhas. Se eu perder, são todas suas.

O galo jovem mede o velho de cima em baixo e pensa que, certamente, ele não será capaz de vencê-lo.

- Tudo bem, velhote, eu aceito.

- Já que, realmente minhas chances são poucas, deixe-me ficar vinte passos à frente - pediu o galo.

O mais jovem pensou por uns instantes e aceitou as condições do galo velho.

Iniciada a corrida, o galo jovem dispara para alcançar o outro galo.

O galo velho faz um esforço danado para manter a vantagem, mas rapidamente está sendo alcançado pelo mais novo.

O fazendeiro pega na sua espingarda e atira sem piedade no galo mais jovem. Guardando a arma, comenta com a mulher:

- Num tô intendendo, uai .. ! Já é o quinto galo gay bicha que a gente compra esta semana! O filho da mãe largou as galinhas e estava correndo atrás do galo velho, vê se pode!??

Moral da história: NADA SUBSTITUI A EXPERIÊNCIA!!!

 Portugal ao longo dos tempos.

 

 

Olá, Carlos Coelho

Estamos muito felizes com o envio deste email, já que ele comunica que o Skype ficou muito melhor. Gostaríamos de apresentar o Skype 2.0, agora com ligações em vídeo gratuitas.

Nesta edição do boletim informativo:
Skype 2.0 - Agpra com ligações em vídeo gratuitas
Botões Skype
Barras de ferramentas Skype
Útil no trabalho e com a família
Histórias de pessoas que usam o Skype

 

Era o dia do exame final.O Joãozinho ia ser examinado pela

professora     em   prova oral, e a professora, que era nova na escola, iria

ser observada pelo diretor. Sentam-se a Professora e o Joãozinho,

um de frente para o outro, e o Diretor ficou em pé, atrás do menino.

A professora pergunta:

- Joãozinho, o que D. Pedro I disse quando proclamou a

independência do Brasil?

Nisso a professora derruba o lápis, e abaixa-se para

pegar.

Quando a professora se levanta, pergunta:

- E, então, Joãozinho o que ele disse?

- Peitinhos maravilhosos!

- Não é nada disso! Zero! - diz a Professora, nervosa.

O Joãozinho vira-se pro diretor:

- Pô, seu filho-da-puta! Se não sabe, não sopra!

 

----- Original Message -----

From: Teresa

 

Subject: É assim k elas nos pagam o bem k lhes fazemos!!!

O risco de uma   mulher  ganhar o Euromilhões!!! 

Uma mulher entra em casa a correr e grita para o marido   :

-  Aníbal (*), arruma as tuas coisas. Acabei de ganhar o Euromilhões!!!!

- O Aníbal responde:

- Achas que eu leve roupas para frio ou calor?

  A Mulher responde:

- Leva tudo, porque te vais embora.

(*) - O nome é mera coincidência...

 

Vestibular da Universidade da Bahia cobrou dos candidatos a interpretação do seguinte
trecho de poema de Camões:

  "Amor é fogo que arde sem se ver,
   é ferida que dói e não se sente,
   é um contentamento descontente,
   dor que desatina sem doer ".

Uma vestibulanda de 16 anos deu a sua interpretação:

"Ah! Camões, se vivesses hoje em dia,
tomavas uns antipiréticos,
uns quantos analgésicos
e Prozac para a depressão.
Compravas um computador,
consultavas a internet
e descobririas que essas dores que sentias,
esses calores que te abrasavam,
essas mudanças de humor repentinas,
esses desatinos sem nexo,
não eram feridas de amor,
mas somente falta de sexo!"

 

Ø       AMOR SEXAGENARIO
>
>
> Um casal de velhos estão numa festa de aniversário numa antiga taverna da
> cidade. O marido, todo fogoso, fala para a esposa:
>
> - Você se lembra da primeira vez que nos fizemos sexo há 50 anos atrás?
Nós
> fomos para trás dessa taverna, você se reclinou na cerca e eu fiz amor com
> você por trás!
>
> - Claro, me lembro bem! - diz a velhinha.
>
> - Então o que você acha de ir lá agora e fazermos a mesma coisa... para
> relembrar os velhos tempos? - ele pergunta.
>
> - Seu safadinho! Parece uma boa idéia!
>
> Um homem, sentado na mesa ao lado, ouve toda a conversa e fica chocado!
Ele
> pensa: ''Tenho que ver essa: dois velhos pendurados na cerca!'' e segue o
> casal.
>
> O casal sai da taverna se apoiando um no outro, ajudados por suas
bengalas.
> Finalmente, chegam aos fundos da taverna e ambos se livram de suas roupas.
> Ela se vira, o velho parte pra briga e os dois se reclinam sobre a cerca.
De
> repente, eles fazem o mais furioso sexo que o curioso já viu...pulam como
> adolescentes!!! E isso vai pelos próximos 40 minutos, incansavelmente, até
> que a velhinha dá o grito final:
>
> - Áiii, meu Deus!!!
>
> O curioso está espantado. Foi o sexo mais atlético que já vira! E
finalmente
> o casal, em colapso total, cai ao châo. O curioso decide descobrir qual o
> segredo do velhinho pra tamanho desempenho. Quando o casal se recupera, se
> levanta e coloca suas roupas, o curioso vai até o velho:
>
> - Meu Deus, isso foi incrível! Você foi um animal por mais de 40 minutos!
> Como você faz isso? Há algum tipo de segredo?
>
> - Não - diz o velhinho - não tem segredo nenhum, exceto que, há 50 anos
> atrás, a merda desta cerca não era eletrificada.

 

 Brasil

 

 A secretária.

 

 Praia das Rocas – Castanheira de Pêra – Portugal.

  

> ORA VAMOS AO QUE INTERESSA!!!!

>

>

> 28 de Fevereiro - Entrudo (Terça Feira) - Ponte - Fim de Semana Prolongado

>

> 14 de Abril - Sexta-feira Santa (Sexta Feira) - Fim de Semana Prolongado

>

> 25 de Abril - Dia da Liberdade (Terça Feira) - Ponte - Fim de Semana

> Prolongado

>

> 1 de Maio - Dia do Trabalhador (Segunda Feira) - Fim de Semana

> Prolongado

>

> 13 de Junho - Só para Lisboa (Terça Feira)- Ponte - Fim de Semana

> Prolongado

>

> 15 de Junho - Dia do Corpo de Deus (Quinta Feira) - Ponte - Fim de

> Semana Prolongado

>

> 15 de Agosto - Assunção de Nossa (Terça Feira) - Ponte - Fim de Semana

> Prolongado

>

> 5 de Outubro - Implantação da República (Quinta Feira) - Ponte - Fim de

> Semana Prolongado

>

> 1 de Novembro - Dia de Todos-os-Santos (Quarta Feira) - Doente 2 dias

> - Fim de Semana Prolongado

>

> 1 de Dezembro - Restauração da Independência (Sexta Feira) - Fim de

> Semana Prolongado

>

> 8 de Dezembro - Imaculada Conceição (Sexta Feira) - Fim de Semana

> Prolongado

>

> 25 de Dezembro - Natal (Segunda Feira) - Fim de Semana Prolongado

>

> O 1 de Janeiro de 2007 também é segunda- feira , mas é só para o

> ano.......

>

> ... este sim, vai ser um bom ano.... 2006 - O ANO DA RETOMA

ial
Trair e teclar, é só começar

A internet criou uma nova maneira de
ser infiel: começa com mensagens, evolui
para confidências, logo entra no reino das
fantasias sexuais. Quando menos se espera,
o marido ou a mulher já estão teclando sem
parar com um desconhecido. Mesmo que
nunca se transfira para a vida real,
a traição machuca do mesmo jeito


Daniela Pinheiro

 

NESTA REPORTAGEM

Teste: apenas bons amigos?

 

 

Tal como acontecia com as mulheres que, no passado, nunca, jamais pensaram em revistar os bolsos do companheiro – as mãos deslizavam sozinhas, imaginem –, nem sequer passava pela cabeça da administradora de empresas carioca Janaína Porto violar a correspondência eletrônica do marido. "Foi acidental, juro", diz. No dia do tal acidente, ele estava no trabalho e ela checava os próprios e-mails no computador da família quando uma luzinha piscou avisando a chegada de uma nova mensagem. "Ele tinha esquecido o Messenger aberto. De repente, leio: 'Oi, lindo, ainda não foi para o escritório?' Eu gelei", conta. Atormentada pelo recado, buscou mais pistas no Orkut do marido. O conteúdo parecia inofensivo. "Ainda assim, eu sabia que precisava ir fundo porque ele jamais havia comentado comigo sobre aquela pessoa que parecia tão íntima", diz Janaína, que, numa atitude que ela mesma considera "bizarra", contratou um detetive virtual. Em uma semana, teve em suas mãos um relatório com todos os e-mails e mensagens de MSN, Orkut e ICQ trocados pelo marido. "Fiquei chocada. Além dela, ele falava com outras mulheres. Chamavam-se por apelidos, tinham conversas de sentido dúbio, passavam até três horas seguidas teclando. Pelo que deu para perceber, ele nunca foi para a cama com nenhuma, mas havia uma troca de confidências, uma cumplicidade e uma intensidade que havia anos nem eu provava mais", lamenta. O casamento de dez anos sofreu forte impacto. O marido não comenta o assunto, mas Janaína não tem dúvidas: "Sim, considero que ele me traía".

Qualquer pessoa normal – o que exclui da lista os não ciumentos – tende a concordar com Janaína. A traição não é apenas o contato físico, mas também, e de forma tão ou mais insuportável para o traído, a miríade de detalhes que apontam para a intimidade emocional: o sentimento de cumplicidade, a deliciosa excitação de esperar pelo chamado do outro, as confidências sobre segredos e fantasias, o prazer de ir para a cama pensando que amanhã tem mais. Na era pré-eletrônica, dificilmente esses componentes deixariam de desaguar em seu destino natural – a cama. Hoje, os serviços de bate-papo pelo computador, como e-mail, Messenger e Orkut, criaram novos paradigmas de traição e sua contrapartida, o ciúme. Existe a forma mais básica: conhecer alguém pela rede, marcar um encontro e trair. Existe o sexo virtual, que dispensa explicações. E, por fim, a forma mais complexa de relacionamento, talvez a única inovação real num campo em que não parecia haver nada de novo sob o sol desde os primórdios da humanidade, que poderia ser chamada, numa espécie de neologismo, de e-infidelidade. Começa com a troca de mensagens eletrônicas, o envolvimento vai crescendo, estabelece-se um vínculo íntimo. Tem todos os ingredientes de um caso extraconjugal, mas, na maioria das vezes, o contato físico pode nem ocorrer. Usa-se até um termo do vocabulário eletrônico – teclar – para descrever o contato. Nos consultórios médicos e de terapeutas, esse tipo de comportamento está se tornando uma das maiores queixas de maridos e mulheres. Cresce também o ambiente de paranóia eletrônica: cônjuges inseguros passam a espionar mensagens, investem contra o outro no Orkut e chegam a usar programas de hackers.

Quando se desconfia ou se descobre um aspecto da vida da cara-metade sobre o qual não se tinha a menor idéia, sobretudo se envolve um laço com alguém do sexo oposto, a maioria das pessoas quer saber mais. Aí, em geral, se repete um padrão de comportamento que não tem nada de novo: o desconfiado solta indiretas, lê e-mails, vasculha a vida virtual do cônjuge e faz marcação cerrada sobre a vida real, em busca de pistas da traição. Cria-se um círculo estressante, cada vez mais amplo, quando se passa a espionar também a vida de todo mundo que é, de alguma maneira, ligado ao infiel em potencial. Pode ser quem mandou a mensagem, quem conhece a pessoa que mandou, os parentes dela, e por aí vai. "Dito assim, parece que estamos cercados de obsessivos descontrolados, mas o que ocorre é que realmente a internet despertou nas pessoas um ciúme desmedido uma vez que permite que se vigiem coisas que sempre ficaram trancadas na privacidade de cada um", afirma o sexólogo carioca Amaury Mendes Júnior.

Entender o romance sem sexo envolve conceitos subjetivos, mas qualquer um que tenha passado pela infidelidade emocional, ou branca, como chamam os especialistas, não tem a menor dificuldade em identificá-la. "Ela tem um potencial tão devastador para afetar uma união quanto se um dos cônjuges tivesse sido pego na cama com outra pessoa", diz o psiquiatra Ronaldo Pamplona da Costa, da Sociedade Brasileira de Estudos em Sexualidade Humana. Classificar uma conversa por e-mail como infidelidade só parece exagero para quem ainda não sentiu na pele – ou na tela. Uma pesquisa apresentada na última conferência anual da Sociedade Britânica de Psicologia mostrou que 84% dos entrevistados consideravam esse tipo de comportamento traição, sim. "Ele falava com umas três mulheres todos os dias", conta Ráissa Ribeiro, 19 anos, modelo, sobre a crise que a levou a ficar quatro meses separada do marido, Adyr Bandeira Júnior, 25, empresário. "Todo o meu ódio era porque eu percebi que havia uma intimidade, quase um compromisso. Se fosse uma coisa boba, com desconhecidas, uma vez só, acho que eu não me importaria." A separação abalou o marido. "Ela tem razão na crítica. Eu realmente extrapolava", reconhece Adyr, que diz continuar teclando com desconhecidas, mas sob a supervisão de Ráissa – o que equivale mais ou menos a assistir a um filme erótico com a sogra ao lado. "De vez em quando ela entra de outro computador na sala em que estou, para dar uma conferida."

"Falar que não teve relação sexual é sempre uma boa defesa. Mas é grave dividir uma parte significativa da vida emocional com alguém e criar um vínculo que exclua o marido ou a mulher. Esse costuma ser o primeiro passo para a traição", afirma a psicóloga brasileira Beatriz Ávila Mileham, da Universidade Santa Clara, na Califórnia, coordenadora de uma pesquisa sobre o assunto. A infidelidade branca abre uma ferida no coração, sem dúvida – mas a traição de fato arranca sangue. É impossível avaliar com certeza quantos dos casos virtuais redundam em sexo real. Uma pista: segundo a revista americana Psychology Today, estudos recentes indicam que, em 60% dos casos, um relacionamento contínuo e profundo pela internet termina na cama. "É por isso que muitos escondem essa relação do cônjuge. Eles sabem que, no fundo, há uma tensão sexual ocorrendo", diz Magdalena Ramos, coordenadora do núcleo de terapia de casal e família da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Entre as transformações monumentais trazidas pelo advento da internet, talvez as mais surpreendentes sejam as ocorridas no campo do comportamento sexual. O acesso instantâneo a informações e contatos praticamente sem limites trouxe à tona uma torrente de desejos que, décadas depois da revolução sexual, ainda surpreendem. O anonimato e a multiplicação de oportunidades alimentam o furor erótico, seja para procurar parceiros, reais ou virtuais, seja para escarafunchar todas as variantes sexuais já inventadas pelo ser humano – e algumas outras das quais ninguém nunca tinha ouvido falar. Liberados, ainda que momentaneamente, dos freios que delimitam o eterno embate entre pulsões sexuais e civilização, os usuários aproveitam. "O homem que diz que não gosta de entrar num site pornográfico está mentindo", diz o empresário R.F.L. em seu depoimento sobre experiências variadas na rede (veja quadro). Um levantamento da Yankelovich Partners Inc mostra que 60% das páginas visitadas na internet têm algum conteúdo sexual. A palavra sex é a mais escrita nos sites de busca em todo o mundo.

O acesso ilimitado a contatos com parceiros reais ou virtuais é contrabalançado pela possibilidade de que a parte que se sente enganada parta para a espionagem eletrônica. No Orkut, 9 milhões de brasileiros expõem suas informações a quem queira ver. Assim, o marido vasculha o Orkut da mulher, a mulher o do marido, o ex o da ex, a ex o da atual do ex, e todo mundo tira suas próprias conclusões. As crises de ciúme são praticamente inevitáveis. No próprio Orkut, há mais de 200 comunidades tratando do assunto. "Minha namorada vigia meu Orkut" tem inacreditáveis 25.000 participantes. "Você começa olhando uma vez por dia, depois duas, três. Eu cheguei ao ponto de olhar a página dele de cinco em cinco minutos para ver o que as mulheres escreviam para ele. Depois ia lá tomar satisfação", conta a assistente de marketing paulistana Patrícia Basílio, 33 anos, casada há dezoito, autora da instigante comunidade "Peruas no Orkut do meu marido". Antes convencida de que não havia nada que pudesse fragilizar seu casamento, ela ficou insegura. A cada mensagem feminina para o marido, um temporal desabava sobre o casal. "Olha, eu me sentia ridícula porque nunca fui ciumenta, mas aquilo me devastava. Não sabia o que era tudo aquilo, quem eram aquelas mulheres. Um dia, uma escreveu para ele: 'Saudades, você sumiu'. Se ele sumiu é porque um dia apareceu, não é? Eu me descontrolei", conta. Para evitar mais confusões, o marido cancelou seu registro. "Foram tantas brigas, tanta choradeira, tanto escândalo que eu preferi sair daquilo", diz o empresário Dener Basílio, 37 anos. Se no Orkut boa parte da conversa é pública, no MSN é possível mantê-la em total privacidade. "Eu passava muito tempo em conversas com um amigo. É óbvio que havia um clima sério. Eu me sentia viva, sedutora, desejada. Nunca nos tocamos. Mas, quando você fica empolgada com a situação, quando sente que está fazendo algo errado, acho que isso é o indicador de que você está traindo", diz a administradora de empresas carioca Patrícia Perrett, 32 anos, que manteve esse vínculo diário paralelamente a um sólido relacionamento.

O anonimato e a privacidade propiciados pela internet são poderosas ferramentas de indução à quebra de barreiras. Diante do computador, você pode ser quem quiser, falar o que tiver vontade sem passar pelos sucessivos julgamentos que o contato frente a frente propicia. Tudo fica mais explícito e exposto. Para paquerar pessoalmente, é preciso decifrar muitos sinais, vencer a timidez e ainda se assegurar de que ninguém vai descobrir nada. No ciberespaço, o contato é rápido, seguro e fácil. Para os especialistas, as razões do crescimento desse tipo de vínculo entre adultos comprometidos têm a mesma matriz: o prazer de exercitar o poder de sedução e conquista, aspectos que compreensivelmente desaparecem do casamento. Os efeitos sobre a vida do casal podem ser enormes. "A paquera passa a ocorrer na sala da sua casa. Isso é assustador", diz a fotógrafa carioca Margaret Manta, 44 anos. Desde que ela e o marido, Wagner Rios, 32, se inscreveram no Orkut, as cenas de ciúme se tornaram constantes. "Ver todo aquele movimento de mulheres mexe com a relação, sim", diz ela. Wagner corrobora a tese: "Eu fico com raiva quando leio algumas mensagens porque acho que a pessoa, no caso ela, dá liberdade para os outros falarem com um tom de intimidade acima do normal entre amigos."

Na busca para amenizar os conflitos gerados pela internet, muitos casais passaram a exigir as senhas pessoais do (a) parceiro (a). A senha do e-mail assumiu o significado que tinha a senha de banco anos atrás – como se fosse a expressão mais enfática de compromisso. Algo do tipo: "Se você não apronta, então me dá sua senha". Quem chega ao exagero de se propor a realmente investigar o outro encontra muitas ferramentas disponíveis. Há uma série de programas de computador para todos os fins e bolsos capazes de grampear mensagens e replicá-las para outras pessoas. Programas como Spector Pro 5.0, eBlaster, Keylogger e ScreenLogger são instalados nas estações de qualquer computador por meio de um e-mail. Passam, então, a enviar informações de tudo o que se faz na máquina. Pode-se baixar o programa em casa, mas quem não entende de informática costuma procurar um serviço especializado. Por cerca de 2.000 reais, o detetive vai até o computador do casal, instala o programa e passa a acompanhar a correspondência. Se a máquina está no trabalho, opta-se por outra estratégia. "Descobrimos os hábitos da pessoa. Se ela gosta de gastronomia, por exemplo, mandamos uma mensagem sobre esse assunto. Se ela abrir, o computador já passa a ser monitorado", explica o detetive Francisco Aguiar, da Philadelphia Investigações, em São Paulo, com 22 anos de experiência em apurar casos de infidelidade. Embora esses programas sejam eficazes para desvendar as infidelidades virtuais, seu uso pode virar caso de polícia, já que se trata de um crime de violação de uma forma de intimidade que é garantida por lei.

Esse tipo de prova, porém, se tornou comum em casos de separação. Nos grandes escritórios de advocacia, em 90% das separações são apresentadas cópias de e-mails e mensagens de Messenger e Orkut para configurar o que se chama de "quase-adultério". É preciso que um dos cônjuges autorize a violação do computador da casa para não criar problemas com a Justiça. Por exemplo: se a esposa acessa o computador doméstico e acha mensagens gravadas .– sem nenhuma proteção de senha – que demonstram que o marido foi infiel, nesse caso a prova é válida e legal. "Para configurar o adultério é necessário provar a conjunção carnal. Já essa figura jurídica do 'quase-adultério' significa toda situação amorosa na qual você não prova o sexo, mas prova o envolvimento amoroso", afirma a advogada Priscila Corrêa da Fonseca, uma das maiores especialistas em direito de família do país.

Evidentemente, não é a internet que estraga os relacionamentos. Mas que potencializa o dano, potencializa. O clima de suspeita e desconfiança também transforma qualquer casamento num inferno – sem contar que não redunda em nada positivo. "Ler mensagem, vigiar conversa, nada disso funciona. Não se consegue entrar na cabeça do outro. É lá que mora o desejo. E isso ninguém nunca vai conseguir localizar", explica o psicanalista e colunista Alberto Goldin, autor do livro Histórias de Amor e Sexo. Na opinião dos estudiosos do assunto, uma coisa é clara: o uso da internet já se tornou um dos assuntos inescapáveis na vida dos casais (além de dinheiro, valores morais, quem fica com o controle remoto). "É uma discussão tão importante para o relacionamento quanto a intenção de ter ou não filhos", afirma a psicóloga Beatriz Mileham.

 

"PERUAS NO ORKUT DO MEU MARIDO"

 

Lailson Santos

"Eu me sentia ridícula, porque nunca fui ciumenta, mas aquilo me devastava. Não sabia quem eram aquelas mulheres", diz Patrícia Basílio, 33 anos. "Um dia, uma escreveu: 'Saudades, você sumiu'. Se sumiu é porque um dia ele apareceu, não é? Eu me descontrolei". Patrícia criou a comunidade "Peruas no Orkut do meu marido". O marido, Dener Basílio, 37 anos, desistiu: "Foram tantas brigas, tanto escândalo, que eu

 

 INICIO


 

Cantinho brasileiro de 22 de Janeiro 2006    

Aos 23 anos, Mafalda Gomes de Almeida tem pela frente os destinos do destacamento de Pombal

Aos 23 anos, Mafalda Gomes de Almeida tem pela frente os destinos do destacamento de Pombal

 

 

Thuammy Campos (34)
feminino
MANAUS
Brasil

 

 

23/01/2006 ¦ 07:30

 

A música do dia

Baticum - Lenine 

do álbum Songbook Chico Buarque Volume 2;  

Clique aqui para ouvir a música

O latifúndio é simplesmente inconstitucional, mas, por interesses de grupos de poder, existem fazendas de 50 hectares para uma vaca. Estamos aqui para mudar essa injustiça.

Evo Morales, ao tomar posse como presidente da Bolívia

 

 

 

Clique no link, entre no site e fotografe!
E babe...
Ah! Você tem um desses?
Mas pelo menos divirta-se fotografando...

Vectra 2006
http://www.chevrolet.com.br/vectra/index.html

 

 

Subject: O homem e a avestruz

O homem e a avestruz

Um homem entra num restaurante com uma avestruz atrás dele. A garçonete
pergunta o que querem.
O homem pede : " Um hambúrguer, batatas fritas e uma coca ".
E vira-se para a avestruz: "E você, o que vai querer?"
" Eu quero o mesmo ", responde a avestruz.
Um tempo depois a garçonete traz o pedido e a conta no valor de R$ 32,50.
O homem coloca a mão no bolso e tira o valor exato para pagar a conta. No
dia seguinte o homem e a avestruz retornam e o homem diz:
" Um hambúrguer, batatas fritas e uma coca ".
E vira-se para a avestruz: " E você, o que vai querer?
" Eu quero o mesmo ", responde a avestruz.
De novo o homem coloca a mão no bolso e tira o valor exato para pagar a
conta.
Isto se torna uma rotina até que um dia a garçonete pergunta :
" Vão querer o mesmo? "
" Não, hoje é sexta e eu quero um filé à francesa com salada", diz o homem.
" Eu quero o mesmo " diz a avestruz.
Após trazer o pedido, a garçonete trás a conta e diz :
"Hoje são R$87,60."
O homem coloca a mão no bolso e tira o valor exato para pagar a conta,
colocando em cima da mesa. A garçonete não controla a sua curiosidade e
pergunta : " Desculpe, senhor, mas como o senhor faz para ter sempre o valor
exato a ser pago?"
E o homem responde :
" Há alguns anos atrás eu achei uma lâmpada velha e quando a esfregava, para
limpar, apareceu um gênio e me ofereceu 2 desejos. Meu 1º desejo foi que eu
tivesse sempre no bolso o dinheiro que precisasse
para pagar o que eu quisesse.
" Que idéia brilhante! " falou a garçonete. " A maioria das pessoas deseja
ter um grande valor em mãos ou algo assim, mas o senhor vai ser tão rico
quanto quiser, enquanto viver !"
" É verdade, tanto faz se eu for pagar um litro de leite ou um Mercedes,
tenho sempre o valor necessário no bolso." respondeu o homem.
"E a garçonete perguntou : " Agora, o senhor pode me explicar a avestruz ?"
O homem faz uma pausa, suspira e responde :
" O meu 2º desejo foi ter como companhia alguém com um rabo grande e pernas
compridas, que concordasse comigo em tudo."
.....

 

Sent: Sunday, January 22, 2006 3:56 AM

Subject: Dicas do professor Pasquale - IMPORTANTE!!!!!

 

AULA DE PORTUGUÊS - UTILIDADE PÚBLICA.


Todo mundo já ouviu estas bobagens "n" vezes; agora alguém se preocupou em juntá-las e esclarecê-las.

Um verdadeiro serviço de utilidade pública.

Eviter dizer (ou nunca diga!!!!):

Menas (sempre menos - o vernáculo não existe)

Iorgute (iogurte)

Mortandela (mortadela)

Mendingo (mendigo)

Trabisseiro (travesseiro)

Trezentas gramas (é O grama e não A grama)

Di menor, di maior (é simplesmente maior ou menor de idade)

Cardaço (cadarço)

Asterístico (asterisco)

Beneficiente (beneficente - lembre-se de Beneficência Portuguesa)


E lembre-se também:

Mal - Bem

Mau - Bom

A casa é GEMINADA (do latim geminare = duplicar) e não GERMINADA nascer, brotar;

O peixe tem ESPINHA (espinha dorsal) e não ESPINHO. Plantas têm espinhos.

Homens dizem OBRIGADO e mulheres OBRIGADA

O certo é HAJA VISTA (que se oferece à vista) e não HAJA VISTO.

"FAZ dois anos que não o vejo" e não " FAZEM dois anos".

POR ISSO e não PORISSO.

"HAVIA muitas pessoas no local" e não " HAVIAM"

"PODE HAVER problemas" e não "PODEM HAVER...."

PROBLEMA e não POBLEMA ou POBREMA (deixe isso para o Zé Dirceu).

A PARTIR e não À PARTIR

Para EU fazer, para EU comprar, para EU comer e não para MIM fazer, comprar ou comer  (mim não conjuga verbo; apenas "eu, tu eles, nós, vós, eles")


As pronúncias:

CD-ROM é igual a ROMA sem o A.
Não é CD-RUM (nem CD-pinga, CD-vodka, etc). ROM quer dizer read only memory - memória apenas para leitura.

HALL é RÓL não RAU, nem AU

E agora, o horror divulgado pelo pessoal do TELEMARKETING:

Não é eu vou ESTAR mandando, vou ESTAR passando, vou ESTAR verificando e sim eu vou MANDAR, vou PASSAR e vou VERIFICAR (muito mais simples, mais elegante e CORRETO).

Só mais uma: Por favor, arranquem os malditos SEJE e ESTEJE do seu vocabulário.


Mande aos seus amigos e inimigos.

Se circula tanta bobagem pela internet, porque não circular coisa útil?


Acrescento:

Elimine o "de" em deve "de" ser e deve "de" ter, o certo é deve ser ou deve ter.

O certo é CUSPIR e não GOSPIR.

O certo é BASCULANTE e não VASCULHANTE, aquela janela do banheiro ou da cozinha.

Fora os que falam estou "soando" referindo-se ao calor... O certo é suando, com "u", pois quem "soa" é sino!

Apague da sua memória o "obrigado eu" ou "obrigada eu". Diga: eu que agradeço.

O certo é SOBRANCELHA e não "sombrancelha".

 

Olá, Carlos Coelho!

Alguém que não tinha nada para fazer (Salvador Tomaz), numa de suas visitas ao Humor Tadela não sei por que cargas d'água, lhe recomendou a seguinte página:

"Animação: Lula e a Gripe Aviária"

Comentários:

 

Lula e a Gripe Aviária.

 

 

 

Um abraço do SALVADOR

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

8

 

 

0,39%

 

Garcia Pereira

 

1.000

 

 

48,54%

 

Cavaco

 

 

59

 

 

2,86%

 

Louçã

 

 

489

 

 

23,74%

 

Manuel Alegre

 

63

 

 

3,06%

 

Jerônimo

 

 

441

 

 

21,41%

 

Mario Soares

 

24

 

 

1,14%

 

Nulos

 

 

25

 

 

1,19%

 

Em branco

 

1.273

 

 

37,64%

 

Abstenção

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Castanheira de Pêra e Coentral – Portugal   - Eleições para Presidente da Republica.

freguesias apuradas

2

 freguesias por apurar

0

 

 

Inscritos

3382

 

Votantes

2109

62,36%

Brancos

25

1,19%

Nulos

24

1,14%

 

NÃO SE REALIZOU A ELEIÇÃO EM DUAS FREGUESIAS

PERC. CALCULADA SOBRE VOTOS VALIDAMENTE EXPRESSOS (BRANCOS E NULOS EXCLUIDOS)

 

 

CONCELHO - CASTANHEIRA DE PERA

 

Candidato

Votos

%

CAVACO SILVA

1000

48,54

MANUEL ALEGRE

489

23,74

MÁRIO SOARES

441

21,41

JERÓNIMO SOUSA

63

3,06

FRANCISCO LOUÇÃ

59

2,86

GARCIA PEREIRA

8

0,39

 

 

Portugal

 

 

 

Terceira abstenção mais alta de sempre

A abstenção nas eleições de domingo - 37,39% - foi uma das mais altas de sempre em votações para o Presidência da República. Depois desta ida às urnas, eleições agora só dentro de três anos e meio

 

 

 

De Carlos Coelho

SEXO & SAÚDE

Dúvidas sobre os anticoncepcionais

JAIRO BOUER

"A pílula do dia seguinte é perigosa? Minha namorada não quer tomar por medo. Se ela toma pílula normal e eu ejacular dentro, há risco de gravidez?"

"Tenho 19 e há seis meses tomo anticoncepcional. Meu ciclo está regulado, mas minha TPM perdura. Meu namorado sofre todo mês. Posso tomar chás calmantes?"

"O médico recomendou que minha namorada de 21 anos inicie o uso de pílula no primeiro dia de menstruação. A menstruação começou há dois dias e só compramos o remédio hoje. Ela pode começar a tomar agora? Deve tomar as esquecidas?"

Se a menina está fazendo o uso regular da pílula não há risco de gravidez mesmo que o garoto ejacule dentro da vagina, inclusive na pausa de uma semana que se faz com a maior parte dos anticoncepcionais. A grande vantagem de usar camisinha junto com a pílula e não ejacular dentro da vagina é a proteção contra a gravidez, as DSTs e a Aids.
A pílula do dia seguinte pode trazer efeitos indesejados como náusea, dor-de-cabeça, tontura, mal-estar, irregularidade menstrual e não precisa ser tomada se a pílula convencional está sendo utilizada de forma correta. O uso da pílula, muitas vezes, regulariza o ciclo menstrual de muitas garotas e os sintomas da TPM (tensão pré-menstrual) também podem melhorar. No entanto, como em medicina nem tudo é regra, existem exceções. É importante procurar o seu ginecologista. Mudanças na dieta e em hábitos de vida podem ajudar. Quando o uso da pílula é iniciado no primeiro dia da menstruação, a garota está protegida desde o início daquele ciclo. Quando o uso se inicia em qualquer outro dia, a proteção só está garantida a partir do segundo ciclo. Procure tomar a pílula no mesmo horário. Se esquecer alguma, tome duas no dia seguinte, mas saiba que naquele ciclo a proteção está comprometida e você deve usar outro método, como a camisinha.

Jairo Bouer, 40, é médico @ - jbouer@uol.com.br

 LULA.

 

 Local Jardim Zoológico de Lisboa.

Da esquerda para a direita: Maria Preciosa dos Santos Coelho (irmã), Mercedes das Nevas Coelho (cunhada) e Carlos Coelho.

Ano de 1956.

 

 

 Ano 1977. Mara (Filha), Dolores sogra.

 

 

 Carlos Coelho, a carga de impostos continua crescendo. Dados apontam que em 2005 ela ultrapassou 38% do PIB. A sociedade precisa se mobilizar urgentemente.

 

Devido a importância do tema, encaminho este artigo publicado nesta segunda-feira na Folha de S.Paulo onde avalio a arrecadação federal, o atual estágio do debate tributário e a idéia de se promover uma consulta popular sobre o Imposto Único.

 

Atenciosamente,

 

Marcos Cintra

 

 

 

 

 

23/1/2006

Um plebiscito pelo Imposto Único

 

Marcos Cintra

 

 

 

A arrecadação federal de R$ 372 bilhões em 2005 é um novo recorde da carga tributária brasileira. Em termos reais, a receita cresceu, comparativamente a 2004, mais que o dobro da taxa estimada de crescimento do PIB.

 

A expansão da receita deveu-se à forte elevação da arrecadação incidente sobre a renda das empresas e dos trabalhadores. O IRPJ e a CSLL cresceram 22,5% e 21%, respectivamente. Já o IRRF sobre os rendimentos do trabalho aumentou 6,4%.

 

A fúria arrecadatória sobre os assalariados e as empresas parece não ter fim.

 

Há uma defasagem gritante na tabela do Imposto de Renda da Pessoa Física, e o governo reluta em atualizá-la. No tocante às empresas, a derrama fiscal dos últimos anos ficou por conta de retenções, aumento de alíquotas e mudanças na base de cálculo de tributos como PIS/Cofins, CSLL e IRPJ.

 

Empresários e assalariados no Brasil vivem no pior dos mundos. A reforma tributária, ensaiada há mais de 15 anos, patina, e as decisões que foram tomadas pelo governo interessaram apenas a ele mesmo, para alimentar seus gastos crescentes. As alterações ocorridas foram pontuais e aprofundaram suas características negativas, tornando o sistema tributário nacional ainda mais complexo, caro, ineficiente e injusto. Caixa dois, evasão de divisas, declarações fraudulentas e corrupção são algumas de suas marcas vergonhosas.

 

Hoje, as propostas e debates sobre os impostos se resumem a duas posições básicas.

 

Em primeiro lugar, surge a alternativa de reforma tributária convencional, preferida pelos burocratas públicos e privados e por aqueles que se ajustaram ao atual sistema. Seus defensores querem a criação de um IVA federal (imposto sobre valor agregado) para substituir o ICMS, o IPI, o ISS, o PIS/Cofins e o INSS.

 

O grande inconveniente do imposto único sobre valor agregado é que a alíquota necessária para gerar a arrecadação atual de seus componentes seria certamente superior a 35%. Ademais, a proposta não simplifica o sistema, uma vez que se trata de um grande imposto declaratório de difícil e custosa operacionalização. Como resultado, não combate a sonegação, na medida em que a alta alíquota estimularia o aumento da evasão e, conseqüentemente, não elimina a corrupção.

 

O IVA único concentrará ainda mais a carga tributária no subconjunto dos atuais pagadores de impostos, sobrecarregando as empresas formais e os assalariados.

 

Como contraponto à visão ortodoxa, surge a alternativa dos tributos não-declaratórios, como a do imposto único sobre a movimentação financeira.

 

Trata-se de proposta inovadora e que pretende substituir o atual sistema por um tributo único sobre movimentação bancária, nos moldes da atual CPMF.

 

Cumpre dizer que a experiência do IPMF/CPMF no Brasil teve origem na proposta do Imposto Único. Como afirmou Roberto Campos, foi uma deformação daquela idéia, mas que deixou um saldo amplamente favorável na medida em que comprovou a viabilidade de um tributo sobre movimentação financeira, tributo esse desconhecido no mundo, por ser produto recente da era da informática. Trata-se, portanto, de uma vertente conceitual da reforma tributária que já recolheu experiência prática com grande sucesso, de custo inexpressivo, não-declaratório, de extrema simplicidade, insonegável, universal e imune à corrupção.

 

A proposta do Imposto Único foi apresentada na Câmara dos Deputados em 2001 (PEC 474/01) e aprovada por unanimidade em Comissão Especial e na Comissão de Constituição e Justiça. Pode, portanto, ser colocada em votação em plenário de imediato. Paralelamente, o senador Paulo Octávio apresentou proposta semelhante (PEC 8/2003) que tramita no Senado, cujo relator é o senador Jefferson Peres, que já se manifestou favorável a ela.

 

A penetração da proposta do Imposto Único na sociedade brasileira foi aferida em pesquisas realizadas pelos institutos Datafolha e CNT/Sensus. Ambos mostraram que dois terços das pessoas que conhecem o projeto são favoráveis a ele.

 

Em 1993, foi criada a Associação Contribuintes em Ação, com a atribuição de defender os contribuintes e o Imposto Único. Seus membros, espalhados por todo o país, acham-se cadastrados e prontos a serem mobilizados em defesa de uma proposta que vem sendo avaliada com entusiasmo: a de coletar assinaturas para a apresentação de uma moção em prol de um "Plebiscito Nacional para a Implantação do Imposto Único".

 

A mobilização desse grande contingente de cidadãos que defendem um novo sistema tributário para o Brasil exigirá esforço, capacidade de comunicação e organização para a hercúlea tarefa de coletar milhões de assinaturas em apoio ao plebiscito. Trata-se de oportunidade importante para colocar o tema da reforma tributária e, particularmente, do Imposto Único, na pauta da discussão das eleições presidencial e parlamentares de 2006. O Imposto Único é a saída, e sua implantação depende de cada um de nós. Não há tempo a perder.

 

 

--------------------------------------------------------------------------------

 

Marcos Cintra Cavalcanti de Albuquerque, 59, doutor pela Universidade Harvard, professor titular e vice-presidente da FGV, foi deputado federal (1999-2003). Atualmente é secretário das Finanças de São Bernardo do Campo. É autor de "A verdade sobre o Imposto Único" (LCTE, 2003). Escreve às segundas-feiras, a cada 15 dias, nesta coluna.

 

Internet: www.marcoscintra.org

 

E-mail – mcintra@marcoscintra.org

 

 

 Recebi e estou repassando...

> não sei se é verdade porém, É MELHOR FICAR ESPERTO !

>

> Avisar nunca é demais.... cuidado, amigos! Bandidos

> estão dando de 10 a 0 em

> criatividade em nós e na Polícia. Vejam como o

> ladrão brasileiro é

> criativo. Você e seus amigos estão num bar, batendo

> papo, tomando uma

> cervejinha e se divertindo. De repente, chega um

> indivíduo e pergunta de

> quem é o carro tal, com placa tal, estacionado na

> rua tal, solicitando que

> o proprietário dê um pulinho lá fora para manobrar o

> carro, que está

> dificultando a saída de outro carro. Você, bastante

> prestativo, vai e, ao

> chegar ao seu carro, anunciam o assalto e levam seu

> carro e seus pertences.

> E ainda tem sorte se não levar um tiro... Numa mesma

> noite, o resgate da

> Polícia Militar atendeu três pessoas baleadas, todas

> envolvendo a mesma

> história. Repasse esta notícia para alertar seus

> amigos...não custa nada

> prevenir, a solução em caso semelhante é não sair

> sozinho, chame alguns

> amigos para ir junto, e de longe verifique se é

> verdade.

 

 

Lula e Kid Abelha
O mais interessante é que desta vez eles não precisaram alterar a letra em nada...

Ligue o som e clique no link abaixo:

http://charges.uol.com.br/charges/20050817som.swf

  

Um advogado todo benzoca, de Cascais, vai caçar patos para o Alentejo. Dá
um tiro, acerta num pato, mas o bicho cai dentro da propriedade de um lavrador.
Enquanto o advogado saltava a vedação, o lavrador chega no tractor e pergunta-lhe o que estava ele a fazer. O advogado respondeu: Acabei de matar um pato, mas ele caiu na sua terra, e agora vou buscá-lo.
O velhote responde: Esta propriedade é privada, por isso não pode entrar.

O advogado, indignado: Eu sou um dos melhores advogados de Portugal! Se não me deixa ir buscar o pato eu processo-o e fico-lhe com tudo o que tem!
O lavrador sorriu e disse: O senhor não sabe como é que funcionam as coisas no Alentejo! Nós aqui temos o Código Napoleónico! Nós resolvemos estas pequenas zangas com a Regra Alentejana dos Três Pontapés. Primeiro eu dou-lhe três pontapés; depois você dá-me dois pontapés; e assim consecutivamente até um de nós desistir!
O advogado já se estava a sentir violento há um bocado, olhou para o velho e pensou que era fácil dar-lhe uma carga de porrada. Por isso, aceitou resolver as coisas segundo o costume local. O velho, muito lentamente, saiu do tractor e caminhou até perto do advogado.
O primeiro pontapé, dado com uma galocha bem pesada, acertou directamente nas bolas do advogado, que caiu de joelhos e vomitou. O segundo pontapé quase arrancou o nariz do advogado. Quando o advogado caiu de cara, com as dores, o lavrador apontou o terceiro pontapé aos rins, o que fez com que o outro quase desistisse.
Contudo, o coração negro e vingativo do advogado falou mais forte. Ele não desistiu, levantou-se, todo ensanguentado, e disse: Bora, velhote! Agora é a minha vez!
O lavrador sorriu e disse: Nah! Eu desisto! Leve lá o pato!

 

 

 

 

Oi Carlos,

 

Tudo bem??

 

Eu vou me casar em março e gostaria que vc me informasse o seu endereço para eu mandar o convite.

 

Mande um abraço a Diva

 

Adriana Castilho ( filha do Rafael)

 

 

 

 

Lula anunciou a líderes mínimo de R$350 em abril, diz Casagrande
Ter, 24 Jan - 17h07

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva anunciou nesta terça-feira aos líderes da base aliada na Câmara e no Senado que o novo salário mínimo será de 350 reais a partir de abril.

Segundo relato do líder do PSB na Câmara, Renato Casagrande (ES), Lula disse também que a tabela do Imposto de Renda para as pessoas físicas será corrigida em 8 por cento.

"Só falta assinar o protocolo", disse Casagrande a jornalistas no Palácio do Planalto, depois do encontro com Lula.

Mais cedo, o presidente da Força Sindical, Paulo Pereira da Silva, o Paulinho, já havia dito à Reuters, antes de uma reunião de ministros, que estava definido o novo mínimo de 350 reais em abril e a correção do IR em 8 por cento.

O governo deve fazer o anúncio oficial do novo mínimo no início da noite.

(Por Carmen Munari)

 

 


"A diferença entre o governo da Inglaterra e o do Brasil é que lá o governo é parlamentar...
E aqui é "pra lamentar".

 

 
>> >> >  Análise
>> >> >                      Muito curioso!
>> >>
>> >                            12 ou 13 pessoas?
>> >> >Olhe para a imagem e conte o numero de pessoas.
>> >> >Espere a imagem se deslocar e conte novamente
>> >> >Sim, 12 pessoas. Sim, 13 pessoas.
>> >> >Consegue explicar como que "surge" uma pessoa,  já que a
>>imagem é
>> >> >apenas deslocada??

 

 

 

A música do dia

Bewitched - Silje Nergaard
do álbum Port of Call; 2000  

Clique aqui para ouvir a música

INICIO


 

Cantinho brasileiro de 25 de Janeiro 2006         

 

Atrações do aniversário de São Paulo vão de bolo a dança

O tradicional bolo de aniversário de São Paulo -dessa vez com 452 metros, para representar a idade que o município completa hoje.

 Maria Preciosa dos Santos Coelho reunida com sua família em Campinas – São Paulo – Brasil.

 

 

 Doutora Teresa.

 

 

 

Subject: A praia - por Luís Fernando Veríssimo

 

Luís Fernando Veríssimo

 

Verão também é sinônimo de pouca roupa e muito chifre, pouca cintura e muita

gordura, pouco trabalho e muita micose. Verão é picolé de Kisuco no palito

reciclado, é milho cozido na água da torneira, é coco verde aberto pra comer

a gosminha branca.

 

Verão é prisão de ventre de uma semana e pé inchado  que não entra no tênis.

 

Mas o principal ponto do verão é....a praia!

Ah, como é bela a praia.

Os cachorros fazem cocô e as crianças pegam pra fazer coleção.

Os casais jogam frescobol e acertam a bolinha na cabeça das véias.

Os jovens de jet ski atropelam os surfistas, que por sua vez, miram a

prancha pra abrir a cabeça dos banhistas.

 

O melhor programa pra quem vai à praia é chegar bem cedo, antes do

sorveteiro, quando o sol ainda está fraco e as famílias estão chegando.

 

Muito bonito ver aquelas pessoas carregando vinte cadeiras, três geladeiras

de isopor, cinco guarda-sóis, raquete, frango, farofa, toalha, bola, balde,

chapéu e prancha, creditando que estão de férias.

Em menos de cinqüenta  minutos, todos já estão instalados, besuntados e

prontos pra enterrar a  avó  na areia.

E as crianças? Ah, que gracinhas! Os bebês chorando de desidratação, as

crianças pequenas se socando por uma conchinha do mar, os adolescentes

ouvindo walkman enquanto dormem. As mulheres também têm muita diversão na

praia, como buscar o filho afogado e caminhar vinte quilômetros pra

encontrar o outro pé do chinelo. Já os homens ficam com as tarefas mais

chatas, como perfurar o poço pra fincar o cabo do guarda-sol.

É mais fácil  achar petróleo do que conseguir fazer o guarda-sol ficar em

pé.

 

Mas tudo isso não conta, diante da alegria, da felicidade, da maravilha que

é entrar no mar! Aquela água tão cristalina, que dá pra ver os cardumes de

latinha de cerveja no fundo. Aquela sensação de boiar na salmoura como um

pepino em conserva.

 

Depois de um belo banho de mar, com o rego cheio de sal e a periquita cheia

de areia, vem àquela vontade de fritar na chapa. A gente abre a esteira

velha, com o cheiro de velório de bode, bota o chapéu, os óculos escuros e

puxa um ronco bacaninha.

 

Isso é paz, isso é amor, isso é o absurdo do calor!!!!!

Mas, claro, tudo tem seu lado bom. E à noite o sol vai embora.

Todo mundo volta pra casa tostado e vermelho como mortadela, toma banho e

deixa o sabonete cheio de areia pro próximo. O Shampoo acaba e a gente acaba

lavando a cabeça com qualquer coisa, desde creme de barbear até desinfetante

de privada. As toalhas, com aquele cheirinho de mofo que só a casa da praia

oferece. Aí, uma bela macarronada pra entupir o bucho e uma dormidinha na

rede pra adquirir um bom torcicolo e ralar as costas queimadas.

 O dia termina com uma boa rodada de tranca e uma briga em família.

Todo mundo vai dormir bêbado e emburrado, babando na fronha e torcendo, pra

que na manhã seguinte, faça aquele sol e todo mundo possa se encontrar no

mesmo inferno tropical...

Casamento perfeito

Você é daquele tipo de pessoa que procura ser correto, disciplinado, eficaz, veste a camisa da empresa, é comprometido até o último fio de cabelo, vai além do seu cargo para resolver problemas e procura contribuir com o que de melhor você pode oferecer? Confira

 

Mensagem
Assim são os amigos fieis...
Esta é a diferença entre  homens e mulheres:

A esposa passou a noite  fora de casa. Na manhã seguinte, explicou ao marido
que tinha dormido na casa da melhor amiga. O marido, então, telefonou para
dez das suas  melhores amigas. Nenhuma delas confirmou.

O marido passou a noite  fora de casa. Na manhã seguinte, explicou à mulher
que tinha dormido na casa do  seu melhor amigo. A esposa, então, telefonou
para dez  dos melhores amigos do marido. Sete deles confirmaram, e os três
restantes, além  de confirmarem, garantiram que ele ainda está lá.

 

Erros

Um homem nunca deve envergonhar-se por reconhecer que se enganou, pois isso equivale a dizer que hoje é mais sábio do que era ontem. (Jonathan Swift

 

----- Original Message -----

From: Teresa

 

Subject: Manual do verdadeiro MACHO....

 

1- Estar mais de seis minutos na Internet sem ver gajas nuas. E não valem desculpas de que é a pagar e não sei quê ou que não quer dar o número do cartão de crédito.

2- Pedir meias doses. Se se chama dose, é porque está calculado: é uma dose. Um homem, uma dose. Quem pede meia dose é meio homem. Cozido à portuguesa: é comida de homem. Mas meia dose de cozido...paneleiroide. O pior é pedir meia dose de qualquer comida terminada em "inho" ou "inhos": meia dose de bifinhos, meia dose de lulinhas... Comidas que são de homem,

para além do cozido: feijoada, mão de vaca, coelho à caçador e todas as partes do porco. Tudo o que tiver porco é de homem.

3- Consolar as ex-namoradas dos amigos. A única maneira de fazer isto de uma forma verdadeira masculina é comê-las no fim. Ou conseguir que elas nos digam quantas é que eles conseguiam dar sem tirar.

4- Chegar aos trinta anos e não ter barriga. É ser roto, tótó!

5- Deixar que sejam elas a pôr o preservativo. Ser ela a pôr o preservativo é como deixar que o adversário nos calce as luvas de boxe antes dum combate. Mas quem é que lhes disse que elas têm direito de mexer na vitalidade de um homem? Após a consulta a um advogado sobre esta questão, estamos em condições de apresentar um parecer:... tecnicamente, o pénis é do

homem - o que elas têm é um direito de usufruto.

 

2ª EDIÇÃO - O QUE É SER ROTO, TÓTÓ, BETO, MARIQUINHAS

1- Comer Calippos. As únicas coisas que um homem pode chupar são patas de sapateira e cabeças de pescada.

2- Ter gatos. Um gato não passa dum cão roto. A: Tem guizo. B: Toma banho na sua própria língua. C e última: Um gato nunca se embebeda. Ou seja, um homem que tenha um gato em casa está no fundo a viver uma intensa relação homossexual. O dono dum cão chama-o com dignidade masculina: "Savimbi, anda cá!" E assobia: "Aqui já!"

O dono dum gato chama-o "Bsss-bsss-bsss-bsss-bsss, bichaninho".

3- Não ir à caça porque não há sítio para cagar. Um homem caga quando e onde lhe apetece. Quem nunca experimentou atingir um pato a zagalote com as calças em baixo não sabe o que é ser homem. O que as mulheres não sabem é que a caça é apenas uma grande desculpa para o homem poder ir para o mato marcar território...

1 - Ver o correio todos os dias... É MENINÓIDE! Um gajo chega a casa depois de oito horas de trabalho, cansado, cheio de fome e qual é a primeira coisa que faz? Ver se tem cartinhas no correiozinho... Um homem só abre o correio quando lhe cortarem a água, a luz ou o gás. E que homem é que consegue manobrar uma chave do correio...? Aquilo é feito para dedos

de mulher.

2 - Pedir bicas pingadas... É roto! Ou bicas escaldadas, ou bicas cheias, ou duplas, ou cariocas, ou mesmo italianas... Bica é bica.

A única coisa que se pode acrescentar a uma bica é um bagaço ou um rissol.

Mas o pior de tudo são os descafeínados. "Ai, tire-me o café do meu café". É roto!

3 - Deixar que a nossa namorada nos esprema as borbulhas... É totalmente roto! As borbulhas de um homem não são para espremer. Umhomem é uma máquina auto-suficiente em termos de saúde e higiene. Os homens só vão ao médico e tomam banho porque as mulheres obrigam.

 

4ª EDIÇÃO - O QUE É SER ROTO, NÓNÓ, "DE 4 QUE NÃO TE ALEIJO"

1 - Saber o nome de mais de quatro bolos de pastelaria... Um homem que é homem só sabe o nome da bola de Berlim, do bolo de arroz, do pastel de carne e do croissant. Mas só para poder pedir um croissant com panado de carne.

Ver um... "homem"...entrar numa pastelaria e dizer: "Olhe, embrulhe-me aí dois garibaldis, uma pirâmide, um éclaire..." Com plantéis de 24 jogadores de futebol e 16 equipas na primeira liga, quem é que ainda tem espaço na memória para decorar nomes de bolos?

2 - Pescar com cana... É mesmo de lulu! Uma coisa é sair para o mar alto às duas da manhã com doze gajos completamente bêbedos para deitar redes ao mar numa traineira chamada "Barba de Goraz"... Outra é ir aos domingos para a Torre de Belém com uma caninha, umas minhocas e um tupperware com água para guardar os peixinhos. O bom da pesca é irem quinze tipos para alto mar e não se saber quantos é que vão voltar.

3 - Alimentar o cão com comida para cão... É de líru! A comida para cão é uma invenção das multinacionais para enganar rotos. Não há comida para cão. Os cães comem o que cai no chão ou o que desenterram. O pior é que, depois de comerem aquelas mixórdias, começam a ficar esquisitos. Deixam de beber água da sanita, já não tocam em nada que esteja podre, e começam a deixar os ratos a meio.

 

5ª EDIÇÃO - O QUE É SER ROTO, NHÓNHINHAS

1 - Ir à Feira do Livro. É BÉTICE! Para quê gastar trinta ou quarenta contos em livros quando se pode ir à Ovibeja e trazer uma ovelha para casa?

Ir à feira é acordar bêbedo às sete e meia da manhã, calçar umas galochas, pôr uma broa debaixo braço e ir à Feira da Cebola ou à Fatacil. Ou, aos sábados de manhã, pegar na carrinha e ala para a Feira de Recauchutados e Rações nas traseiras da Siderurgia Nacional.

Feira pressupõe porrada, chouriços e bonés. Não é cá livros do dia e uns gajos panões de óculos e sessões de autógrafos.

2 - Conduzir com as duas mãos no volante. É roto! Então se os "cobóis" conseguem laçar um búfalo com uma mão, porque é que um homem há-de precisar das duas para agarrar o volante? O último sítio onde um homem precisa de ter as mãos é o volante. O volante só serve para duas coisas: desviar ou buzinar. De resto, a mão direita é para andar livre, para poder mexer na coxa que vai ao lado, pôr no relato da bola e dar uns calduços aos miúdos.

3 - Passear cães com trela. Os cães é para andarem soltos. Passear um cão é uma actividade de risco. O giro é não saber nunca se o cão vai voltar a casa, esfacelar um polícia ou ser atropelado por um comboio. Trelas é para miúdos e não há mais conversa.

4 - Fado de Coimbra. É de lólinhas! O fado é para ser cantado em tascas por tipos que só conhecem sete letras do abecedário e que julgam que tremoços é marisco. E o fado não é cá para falar de amores de estudante.

O fado é para contar histórias com velhas, estropiados, pescadores, putas, sargetas e vinho tinto.

5 - Combinar encontros com homens à porta de cafés cinemas ou centros comerciais. "Ai vem ter comigo à porta da pastelaria "Mirita". Eu não me encontro com um homem à porta de sítio nenhum. Homem que é homem marca encontros é na estrada para Cabanas, no quilómetro dezasseis junto ao cão morto. Mais nada!

 

6ª EDIÇÃO - O QUE É SER UM GRANDA TÓTÓ

1- Dormir com o cão aos pés da cama. Um cão é para ficar no quintal ou fechado na marquise a ladrar a noite inteira. Os únicos mimos que um homem dá a um cão são ossos de touro e soltá-lo no pombal do vizinho.

2- Usar calçadeira. A calçadeira é a vaselina dos pés! Se um homem tem problemas em enfiar um pé num sapato à força, é claramente roto. Os sapatos foram feitos para andar com 120 quilos em cima a arrastarem-se pela calçada em cima do que acabámos de vomitar.

3- Comer com pauzinhos nos restaurantes chineses. A única coisa delicada que um homem é capaz de segurar nas mãos é uma chave de fendas, e é para a torcer. Nunca ninguém viu um carregador de pianos ou algum operário de altos-fornos a comer com pauzinhos!

4- Usar amaciador para o cabelo. Um homem que se preocupa em ficar bonito quando está de joelhos, tem de ser roto. "Ai, mas é bom porque o cabelo fica mais fofinho..." Um homem que é homem não quer ter nada no corpo que seja fofinho.

5- Ter uma carrinha familiar. Ter uma carrinha é um anúncio público de que se é casado e de que se tem filhos. Ora, o único homem que pode querer que isso se saiba é o roto, para despistar os polícias no parque Eduardo VII.

6 - Usar cigarreira.. "Ai não, é mais higiénico porque os maços apanham humidade e podem contaminar os cigarros com bactérias." Bactérias?! Um gajo anda a descarregar quilos de alcatrão para dentro dos pulmões há dez anos e está preocupado com animais que só se vêem ao microscópio?

7 - Pedir descontos.. "Ai, não me faz uma atençãozinha?" Mas isto é conversa de homem? Isto é conversa de roto. Atençõezinhas é o que os rotos fazem uns com os outros nas casas de banho públicas.

8 - Não ser emigrante e falar francês. O francês é a língua oficial dos rotos e a mais mariquinhas do mundo. Nem uma avó a falar com um recém-nascido usa tantos nhô nhôs e bibidus como um francês.

9 - Ter fotografias da mulher na carteira.. Ter a fotografia da mulher na carteira é comportamento típico de roto. Os rotos andam com a fotografia da mulher na carteira para poderem pensar duas vezes quando a abrem à procura de dinheiro para pagar a travestis.

10- Ter lenço a substituir gravata, usar qualquer coisa aos quadradinhos ou sair de fato ao fim de semana, um homem uer-se na tasca em frente ao domingo de fato de treino sem camisa, fecho aberto até a meio para se ver o pêlo do peito, beber umas bogecas e fazer o desporto da malta pra suar um pouco, uns matrecos, snooker ou umas damas, isso é que é.

 

----- Original Message -----

From: Ligia0266@aol.com


 

 Bebedeira feminina - uma narrativa verossímil

Noite passada, fui convidada para uma reunião com "as meninas". Disse a meu marido que estaria de volta à meia-noite:

- Prometo! - eu disse.

Mas, as horas passaram rapidamente e o champanhe estava rolando solto...Por volta das 3 da manhã, bêbada feito um gambá, eu fui para casa. Mal entrei e fechei a porta, o cuco no hall disparou e "cantou" 3 vezes. Rapidamente, percebendo que meu marido podia acordar, eu fiz "cu-co" mais 9 vezes. Fiquei realmente orgulhosa de mim mesma por ter uma idéia tão brilhante e rápida (mesmo de porre) para evitar um possível conflito com ele.

Na manhã seguinte, meu marido perguntou a que horas eu tinha chegado e eu disse a ele meia-noite. Ele não pareceu nem um pouquinho desconfiado...Ufa! Daquela eu tinha escapado! Então, ele disse:

"- Nós precisamos de um novo cuco."

Quando eu perguntei por que, ele respondeu:

"- Bom, esta noite nosso relógio fez "cu-co" 3 vezes, depois não sei porque soltou um... "caraaaaalho!"...fez "cu-co" mais 4 vezes e pigarreou. Fez mais 3 vezes, riu, e fez mais 2 vezes. Daí, tropeçou no gato, derrubou a mesinha da sala, peidou, deitou e dormiu..."

 

 

ORKUT, MSN, POWERPOINT... JÁ VIROU MÚSICA (QUE MUSICÃO...!)
 
http://megaplayer.ig.com.br/home.aspx?content=23208&Autoplay=true

  Carlos Coelho.e

António Manuel Valadas Bebiano Carreira – Diretor do Jornal O Castanheirense em visita a América Latina.

 

Doutora Teresa, António Manuel Valadas Bebiano Carreira – Diretor do Jornal O Castanheirense em visita a América Latina, Doutora Claudia, Comendador António Dinis Henriques e o Comendador Nelson Claro.

Fotografo: Carlos Coelho.

 

 

 

 O enólogo português visita a única vinícola do mundo onde há plantio e colheita ao mesmo tempo.  Brasil

 

 

Caro amigo
                                                                
   "Aprender em cada segundo"

Hoje aprendi...

que quando erramos, é que aprendemos
que envelhecer, não significa deixar de ser criança
que o silêncio é a melhor resposta, quando se ouve um disparate
que ganhar dinheiro, não é a prioridade de todas as profissões
que os sonhos estão aí, para serem alcançados
que os amigos conquistamos, mostrando o que somos
que os nossos verdadeiros amigos, estarão ao nosso lado até ao fim
que a maldade, muitas vezes se esconde atrás de uma bonita face
que não podemos esperar a felicidade chegar, mas devemos ir à procura dela
que quando pensamos saber tudo, descobrimos que temos ainda muito a aprender
que a natureza, é uma das coisas mais belas da vida
que amar, significa entregar-se por inteiro
que um só dia, pode ser mais importante que muitos anos
que podemos confessar, à lua
que é possível viajar, para além do infinito
que ouvir uma palavra de carinho, faz bem à saúde
que um gesto de amor, aquece sempre o coração
que o julgamento alheio, não é importante
que devemos ser crianças, a vida toda
que é preciso buscar e cultivar, a paz interior
que sonhar, é necessário
e que o mais importante de tudo, é que somos livres para escolher

Não podemos viver apenas para nós mesmos.

Mil fibras nos ligam às outras pessoas
E se por essas fibras as nossas acções vão como causas...

                                                                
...depois elas voltam para nós como efeitos.

                          
  Aproveite ao máximo cada segundo da sua vida, pois ele é único.

 


Casamento é um relacionamento onde uma pessoa está sempre certa, e a outra.....é o marido!"

(acho que só assim um casamento pode dar certo... hahahaha!)

 

 

----- Original Message -----

From: Ligia0266@aol.com

 

Subject: Texto para reflexão

 

 

 

"VIRTUAL"

 

Entro apressada e com muita fome na confeitaria.

Escolho uma mesa bem afastada do movimento, pois quero aproveitar a folga

para comer e passar um e-mail urgente para meu editor.

Peço uma porção de fritas, um sanduíche de rosbife e um suco de laranja.

Abro o laptop.

Levo um susto com aquela voz baixinha atrás de mim.

- Tia, dá um trocado?

- Não tenho, menino.

- Só uma moedinha para comprar um pão.

- Está bem, compro um para você.

Minha caixa de entrada está lotada de e-mails.

Fico distraída vendo as poesias, as formatações lindas.

Ah! Essa música me leva a Londres.

- Tia, pede para colocar margarina e queijo também.

Percebo que o menino tinha ficado ali.

- Ok. Vou pedir , mas depois me deixa trabalhar, estou ocupadíssima.

Chega minha refeição e junto com ela meu constrangimento.

Faço o pedido do guri, e o garçom me pergunta se quero que mande o garoto

ir "a luta".

Meus resquícios de consciência, me impedem de dizer.

Digo que está tudo bem. Deixe-o ficar. Que traga o pedido do menino.

- Tia, você tem Internet?

- Tenho sim, essencial ao mundo de hoje.

- O que é Internet?

- É um local no computador, onde podemos ver e ouvir muitas coisas,

notícias, músicas,conhecer pessoas, ler, escrever, sonhar. Tem de tudo no

um mundo virtual.

- E o que é virtual?

Resolvo dar uma explicação simplificada, na certeza que ele pouco vai

entender e vai me liberar para comer minha deliciosa refeição, sem culpas.

- Virtual é um local que imaginamos, algo que não podemos pegar, tocar. É

lá que criamos um monte de coisas que gostaríamos de fazer. Criamos nossas

fantasias, transformamos o mundo em quase como queríamos que ele fosse.

- Legal isso. Adoro!

- Menino, você entendeu que é virtual?

- Sim, também vivo neste mundo virtual.

- Nossa! Você tem computador?

- Não, mas meu mundo também é desse jeito ....Virtual. Minha mãe trabalha,

fica o dia todo fora, só chega muito tarde, quase não a vejo, eu fico

cuidando do meu irmão pequeno que chora de fome e eu dou água para ele

imaginar que é sopa, minha irmã mais velha sai todo dia, diz que vai vender

o corpo, mas não entendo pois ela sempre volta com o corpo, meu pai está na

cadeia há muito tempo, mas sempre imagino nossa família toda junta em casa,

muita comida, muitos brinquedos, ceia de natal e eu indo ao colégio para

virar médico um dia. Isso é virtual não é tia???

Fechei meu laptop, não antes que lágrimas caíssem sobre o teclado.

Ali,naquele instante, tive a maior prova do virtualismo insensato que

vivemos todos os dias, enquanto a realidade cruel nos rodeia de verdade e

não percebemos!!!

 

OBS: que esta pergunta sirva para uma profunda reflexão em nossas vidas...

FAÇA A SUA PARTE. NÃO VIVA UM MUNDO VIRTUAL MAS SIM NUM MUNDO REAL EM QUE VOCÊ É O PARTICIPANTE QUE FAZ A DIFERENÇA.

Cantinho brasileiro de 29 de Janeiro 2006    

 

Prezado(a) Carlos Coelho,

Olá! Você está recebendo mais uma edição do newsletter Carreira & Sucesso, uma publicação do Grupo Catho voltada à carreira profissional.
Por falar nisso, dedico esta edição a todos aqueles leitores que estão preocupados com suas carreiras profissionais neste começo de 2006. Vamos falar sobre economia digital - uma forte tendência de mercado -, marketing pessoal, saúde, entrevistas de emprego e muito mais!
E o entrevistado da semana é um exemplo de vida - Victor Siaulys, presidente do Laboratório Aché, da rede de hotéis Unique e da Associação Laramara, voltada para crianças deficientes visuais.
Aproveite e boa leitura!
Um abraço,
Ana Paula Ruiz
Coordenadora de Comunicação
Grupo Catho

 Carlos Coelho

Estaria disposto a entregar minha vida pela libertação de qualquer um dos países latino-americanos, sem pedir nada a ninguém, sem exigir nada, sem explorar ninguém.

Ernesto "Che" Guevara (11/12/1964)

 

 

 

 

 

 

 

Aproveite a PRIMAVERA e prepare seu
sorriso e seu corpo para o verão!!!

 

PROMOÇÕES SCOLPIRE DE PRIMAVERA.

 

LIPOLIGHT          Por área tratada

        De   R$1.700,00        por   R$1.300,00

 

BIOPLASTIA FACIAL

De   R$700,00           por   R$550,00

 

CLAREAMENTO   Dental a Laser

De   R$1.050,00        por   R$850,00

 

BOTOX®                  R$980,00

 Traga uma amiga e pagam R$750,00 (cada)

 

RESTAURAÇÂO           Estética

        A partir de    R$70,00

 

E MAIS...

MARQUE AGORA SUA AVALIAÇÃO!!!

SCOLPIRE - Cirurgia Plástica e Odontologia
Alameda dos Jurupis, nº 452 cjto. 134 Bloco A
Moema São Paulo - SP
Tels: (11) 5051 1779 / 5052 0648

Amiga/o:

Venha passar umas férias no Brasil e faça uma plástica e volte linda/o e gostosa para o seu amor.

Pelas lentes de Carlos Coelho.

Sexo & saúde

Jairo Bouer

Culpa atrapalha relacionamento

"Sou uma mulher de 24 anos e namoro há dois anos uma garota de 18. A gente se dá superbem, mas eu já tive relacionamentos anteriores, ao contrário dela. Eu me arrependo muito de não ter me guardado para ela. Ela, por sua vez, não consegue esquecer meu passado e sofre com isso. Como ambas nos amamos e queremos ficar juntas, gostaríamos de superar esse sentimento."

Será que para uma relação dar certo as duas pessoas não podem mesmo ter tido experiências anteriores? Será que não dá para ter outros namoros, aprender com os acertos e com os erros e se tornar uma pessoa mais madura e melhor preparada para um novo relacionamento?
A maioria dos casais que se formam não é "virgem" de relações anteriores. As pesquisas de comportamento jovem mostram que os jovens começam seus relacionamentos mais cedo e têm mais experiências com diferentes parceiros na vida.
Essa história de se arrepender do que fez e querer se guardar para alguém parece uma conversa tão antiga, não? Será que você precisa disso para poder ser feliz com sua namorada? Por que se arrepender de experiências anteriores se elas foram boas ou se fizeram você aprender coisas importantes?
Sua namorada, mais nova e possivelmente mais insegura, talvez esteja lidando mal com seu passado. Mas será que, ao se sentir culpada, você não acaba reforçando a insegurança dela? Por que não explicar que o passado já foi vivido e pode ter gerado "ganhos" para sua vida pessoal atual?
A gente tem que fazer um monte de bobagem, dar um monte de cabeçada, até mesmo errar na escolha de diversas namoradas, para poder, finalmente, aprender a se relacionar com o outro e a construir um relacionamento bacana com alguém de quem se gosta de verdade.
Você não deve e não precisa se arrepender do que fez. Mais madura e mais experiente, você pode ajudar a sua namorada a entender melhor essa situação toda. Que tal esquecer o passado e curtir o presente?

----- Original Message -----

From: Jorge Correia

To: jorgecorreia@zmail.pt

 

: PREVENIR Lombrigas....LINDO!!!

Lombrigas

Quatro lombrigas são colocadas em quatro tubos de ensaio separados:
A primeira lombriga em álcool, a segunda lombriga em fumo de cigarro, a
terceira em esperma e a quarta em terra natural.
No dia seguinte o professor mostra aos alunos o resultado:
A primeira lombriga, em álcool, está morta; a segunda, no fumo do cigarro,
está morta; a terceira, em esperma, está morta; a quarta, em terra
natural, está viva.
O professor comenta que é bastante nítido o que é prejudicial e pergunta à
classe: "O que podemos aprender desta experiência?"
Responde imediatamente o Joãozinho (sempre ele):
"Temos de beber, fumar e f**** para não termos Lombrigas!"
Mai nada!!!!

----- Original Message -----

From: Jorge Correia

To: jorgecorreia@zmail.pt

 

 A NOITE É QUE É BOM !!!

 A NOITE É QUE É BOM !!!

Ele liga para casa:

- Oi amor, tudo bem? ...

- Ah que bom...

- As crianças estão bem? .

- Perfeito!

- Comeram tudo hoje?...

- Sim?

- Que bom!...

- Minha adorada deusa, o que é o jantar hoje?.......

 

- Yes! Souflé de camarão, o meu prato preferido, meu anjo.

- É por isso que eu te adoro!

- E aí em casa, está tudo tranquilo?...

- Sim? ...

- Olha, promete que hoje à noite vais usar aquela lingerie preta...

- Essa, a que é totalmente transparente...

- Sim?...

- ... Ah...

- ...é por isso que eu te amo tanto...

- Vou lamber-te toda...

- Daqui a bocadinho a gente vê-se, ok?

- Agora faz-me um favorzinho...

- ... chama a patroa, sim?

----- Original Message -----

From: Jorge Correia

To: jorgecorreia@zmail.pt

 

 Impostos Pedido de um menino de 8 anos...

Um rapazinho de 8 anos queria ganhar 100 euros e rezou durante duas semanas
a Deus.
Como nada acontecia, ele resolveu mandar uma carta para o Todo-Poderoso com
seu pedido.
Os CTT receberam uma carta endereçada para "Deus-Portugal" e resolveram
entregá-la ao Ministro das  Finanças.
O Ministro ficou muito comovido com o pedido e resolveu mandar uma nota de
10 euros para o garotinho, pois achou que 100 euros era muito dinheiro para
uma criança tão pequena.
O rapazinho recebeu os 10 euros e imediatamente sentou-se para escrever uma
carta de agradecimento:
"Querido Deus: Muito obrigado por me mandar o dinheiro que eu pedi. Contudo,
notei que por alguma razão, o Senhor mandou-o através do Ministério das
Finanças e, como sempre, aqueles filhos da p*** ficaram com 90% do que era
meu!"

 

----- Original Message -----

From: Jorge Correia

To: jorgecorreia@zmail.pt

 

: Objectivos
Cada vez mais os objectivos de vida dos portugueses estão a mudar...   agora são outros:
            Aos 6 anos o objectivo é ter um telemóvel;
            Aos 8 é ter uma playstation;
            Aos 14 é jogar futebol num clube grande;
            Aos 18 é entrar numa universidade no curso de Consultoria
                sobre visões intermédias em edifícios inteligentes, mas não muito;
             Aos 22 é arranjar um emprego na função publica;
             Aos 27 é casar com uma gaja boa;
             Aos 30 é divorciar-se;
             Durante os 30's é andar a curtir a vida;
             Aos 40 é casar com uma moça que não chateie muito a cabeça;
             Aos 55 é pedir a reforma antecipada;

            Aos 60 é viajar e repetir a Lua de Mel, com a mesma ou com um "borracho"
                 mais novo;   

            Aos 80 é candidatar-se a Presidente da República.

 

 

INICIO

 

 

 

Voltar à 1º Pagina " O CASTANHEIRENSE "